Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.5/5 - (6 votes)

WhatsApp: Mulher é condenada à morte após partilhar conteúdo; veja

Embora a sentença nunca houvesse sido aplicada para este tipo de crime, a Aneeqa Ateeq, de 26 anos, presa em 2020 acusada por partilhar "conteúdo blasfemo" no WhatsApp, foi condenada pelo tribunal da cidade de Rawalpindi.

Na última quarta-feira (19), uma mulher muçulmana foi condenada à morte por compartilhar, por meio do WhatsApp, um texto e caricaturas do profeta Maomé.  No Paquistão, país em que o caso ocorreu, tal ação é considerada um ato ‘blasfemo’.

Veja também: Clonagem do WhatsApp: Saiba como identificar o crime e se proteger

A blasfêmia, inclusive contra o profeta Maomé, no Paquistão é uma situação considerada crítica. Isso porque, o país é predominantemente muçulmano, onde os considerados culpados por ofensas ao islamismo podem ser condenados à pena de morte.

Embora a sentença nunca houvesse sido aplicada para este tipo de crime, a Aneeqa Ateeq, de 26 anos, presa em 2020 acusada por partilhar “conteúdo blasfemo” no WhatsApp, foi condenada pelo tribunal da cidade de Rawalpindi. A pena foi ser “pendurara pelo pescoço até à morte” e mais 20 anos de prisão.

Atualmente, cerca de 80 pessoas estão presas do Paquistão por blasfêmia. Metade delas já foi condenada a prisão perpétua ou à pena de morte. As informações são da comissão dos Estados Unidos, responsável por relatar a liberdade religiosa no mundo.

De acordo com alguns defensores dos direitos humanos, as acusações por blasfêmia são regularmente lançadas de forma totalmente abusiva, muitas vezes por motivações pessoais. Mesmo que na maioria das vezes envolva mulçumanos, a incriminação por “insulto” visa à regularização religiosa.

Para finalizar e enfatizar o quão sério são essas acusações, em dezembro de 2021, um diretor de uma fábrica no Paquistão, natural do Sri Lanka, foi linchado e queimado por uma multidão após ter sido indicado como blasfemo.

Como fazer backup do WhatsApp direto no celular

Atualmente, o WhatsApp é mais do que um aplicativo de mensagens. Milhares de pessoas usam para fechar e encaminhar acordos profissionais, para gerar novos contatos e marcar o progresso em projetos.

Por isso, é muito importante fazer o backup do WhatsApp, para garantir que essas mensagens importantes sejam conservadas. Essa é a ferramenta que vai permitir que os dados sejam transferidos entre celulares e sobrevivam o tempo necessário.

Além do uso profissional, muitas mensagens pessoais e familiares são trocadas, como fotos de crianças e informações sobre parentes e amigos que estão em diferentes lugares do mundo, que ficam conservadas nas conversas do aplicativo.

Neste texto, saiba como fazer o passo a passo sobre como fazer backup do WhatsApp e conservar as suas conversas importantes e evitar o risco de perder esse material que é tão importante.

O que é necessário

Alguns pontos são fundamentais para fazer o backup do WhatsApp e devem ser sua primeira preocupação na hora de fazer essa ação em seu aparelho celular. Não existe nenhuma demanda complexa, mas é importante estar de olho

Inicialmente, é necessário ter uma conta Google logada no aparelho e com espaço disponível no Google Drive. Isso porque, é lá que o backup ficará armazenado e pronto para ser recolocado em outros aparelhos.

Também é necessária uma boa conexão com a internet, já que suas conversas serão baixadas e armazenadas em um arquivo na nuvem. O ideal é fazer em uma banda larga de qualidade e sem intermitências no sinal Wi-Fi.

Como fazer o backup

  • Abra seu WhatsApp
  • Vá em Opções, então Configurações, Backup de Conversas e Fazer Backup no Google Drive.
  • Escolha uma frequência para a renovação do Backup. Isso vai definir em qual momento o WhatsApp atualizará o arquivo do backup com as novas mensagens.
  • Confirme a opção de rede utilizada selecionando a opção Fazer Backup via...

Você também pode selecionar o backup criptografado de ponta a ponta. Para isso, basta selecionar a opção Backup criptografado de ponta a ponta no momento em que selecionaria o backup no Google Drive.

Depois disso, você terá que criar uma senha para o backup criptografado. Para isso, você deverá confirmar e avançar nas etapas seguintes que serão apresentadas na tela, até gerar um código de segurança para o seu backup.

Essa opção é mais segura e garante que seus dados estejam escondidos e preservados no arquivo de backup, e ninguém além de você terá acesso a eles. No momento de ativar um backup criptografado você terá que colocar essa senha.

4.5/5 - (6 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Cristina Diz

    “A pena foi ser “pendurada pelo pescoço até à morte” e mais 20 anos de prisão”. Primeiro a forca e depois a prisão. Entendi….

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.