Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ministério já fala em novo valor para o Bolsa Família. Confira

O valor do novo Bolsa Família está virando motivo de muita discussão dentro do Palácio do Planalto. Inicialmente a ideia do Ministério da Economia era subir os valores médios de R$ 190 para R$ 250. No entanto, uma entrevista do Presidente Jair Bolsonaro mudou toda essa história.

É que nesta terça-feira (15), o chefe do executivo disse em uma entrevista que o valor do novo Bolsa Família será de R$ 300. Isso seria portanto apenas uma média porque esse programa não tem pagamentos iguais. Bolsonaro, aliás, garantiu que isso é uma questão quase acertada entre os membros do Governo.

No entanto, de acordo com informações de imprensa, isso não era bem verdade. Dentro do Ministério da Economia e do da Cidadania havia um consenso de que o melhor a se fazer mesmo era subir o valor para a casa dos R$ 250 pelo menos nos primeiros pagamentos.

O Presidente Jair Bolsonaro, no entanto, parece não querer voltar atrás do seu valor de R$ 300. Como o Ministério da Economia acredita que essa média seria muito alta e as contas públicas não suportariam, então eles devem propor uma nova ideia: pagar uma média de R$ 270.

Assim, nem o Ministério, nem o Presidente ficariam com as suas propostas iniciais. Na cabeça dos membros da pasta da economia, esse valor seria o meio termo entre o desejo do Presidente e a saúde das contas públicas. Não se sabe, no entanto, se Bolsonaro vai aceitar isso.

Além do valor

Outro ponto do novo Bolsa Família que deve ser bem discutido nas próximas semanas é a quantidade de beneficiários. De acordo com informações do Ministério da Cidadania, o Bolsa Família tem cerca de 14,7 milhões de beneficiários em todo o Brasil.

Uma parte dessas pessoas está recebendo o Auxílio Emergencial neste momento. No entanto, quando o programa emergencial acabar, eles voltam para o Bolsa Família. Assim, o projeto fixo vai voltar a ter 14,7 milhões de beneficiários.

O Presidente Jair Bolsonaro quer colocar cerca de 13 milhões de brasileiros nesta conta. No entanto, o Ministério da Economia acredita na inclusão de mais 3 milhões, no máximo. Então dá para imaginar que os dois lados terão que conversar muito para entrar em um acordo sobre este ponto.

Além do Bolsa Família

O novo Bolsa Família deve entrar em cena somente a partir do último trimestre deste ano. Até lá, quem vai seguir com os pagamentos é o Auxílio Emergencial. De acordo com informações do Ministério da Cidadania, cerca de 39,1 milhões de pessoas estão recebendo os valores desse benefício.

São parcelas que variam entre R$ 150 e R$ 375. Inicialmente a ideia do Governo Federal era que o programa durasse até o próximo mês de julho. No entanto, como a pandemia do novo coronavírus ainda parece longe de chegar ao fim, eles decidiram prorrogar o projeto.

E aí vem mais um ponto de discussão no Palácio do Planalto. Qual vai ser o tamanho dessa prorrogação? O Ministro da Economia, Paulo Guedes, sinalizou nesta semana que serão mais três meses de pagamentos. No entanto, ele deixou claro que a decisão final é do Presidente Jair Bolsonaro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.