Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo não descarta cortes para pagar novo Bolsa Família, diz blog

O Governo Federal deve começar a pagar o novo Bolsa Família ainda neste próximo semestre. No entanto, a equipe econômica do Palácio do Planalto ainda está quebrando a cabeça para saber como vai fazer isso. E eles não descartam fazer cortes em outras áreas.

De acordo com informações do blog do jornalista da Globo News, Valdo Cruz, a ideia inicial era pagar o novo Bolsa Família com um repasse médio de R$ 250. No entanto, o Presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista na noite desta terça-feira (15), que a média vai ser de R$ 300.

Essa declaração do Presidente acabou pegando boa parte da equipe do Ministério da Economia de surpresa. É que não havia nada certo sobre isso ainda. De qualquer forma, há a clareza de que quem vai decidir isso é o Presidente. E se ele falou que o valor médio é R$ 300, então é isso que eles pretendem seguir.

O problema agora é saber de onde vai sair esse dinheiro. Vale lembrar que eles estão planejando usar os recursos do próprio Bolsa Família para fazer esses repasses. No entanto, eles entendem que se o valor médio subir para a casa dos R$ 300, isso não vai ser suficiente.

As fontes do jornalista não deixaram claro quais seriam as áreas que sofreriam com os cortes dos recursos. No entanto, sabe-se que isso é um caminho sem volta. Se o valor do Bolsa Família subir para esse patamar, vai ser preciso tirar recursos de outros lugares.

Novo Bolsa Família

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, a média de pagamentos do Bolsa Família hoje é de R$ 190. Isso quer dizer portanto que algumas pessoas podem ganhar mais do que isso, e outras podem acabar ganhando menos. No entanto, todos os valores giram em torno desse montante.

Com o novo Bolsa Família, isso deve mudar. A partir daí, de acordo com o Presidente Jair o Bolsonaro, esse valor vai passar a ser de R$ 300. O projeto vai passar a ter mais ou menos o mesmo patamar de pagamentos do atual Auxílio Emergencial, que paga valores que variam entre R$ 150 e R$ 375.

Outro ponto que também deve mudar nesse novo Bolsa Família é a quantidade de beneficiários. Em condições normais, o programa entra na casa de cerca de 14 milhões de brasileiros atualmente. O Presidente quer inserir quase o dobro disso ainda este ano.

Auxilio Emergencial

Enquanto o Bolsa Família novo não chega, o Governo Federal segue com os pagamentos do Auxílio Emergencial. Nesta quinta-feira (17), aliás, eles devem começar a liberação da terceira parcela para os usuários do Bolsa Família que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 1.

Ainda esta semana, os informais que nasceram em janeiro deverão tirar o dinheiro deles também. Embora caiba sempre lembrar que esse púbico só vai conseguir sacar a quantia algumas semanas depois. Esse grupo, por exemplo, só vai poder fazer isso a partir do dia 1 de julho.

Em entrevista recente, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o país vai passar por uma prorrogação deste benefício. Ele preferiu não dar muitos detalhes sobre isso, mas adiantou que o projeto vai durar por mais dois ou três meses. O Presidente Jair Bolsonaro confirmou essa informação.

5 Comentários
  1. Eliane Diz

    É até agora nada do meu auxílio,meu esposo ganha um salário mínimo não temos nem uma outra renda pago aluguel,tenho doenças crônicas.

  2. Lusinete Araújo dos SantosCunegundes Diz

    E porque eu não Tou recebendo o auxílio?? Só tiro o bolsa família que é 89 reais se não fosse os dia de serviços de meu marido nois passava necessidade. Mais graças à Deus,tamos aii 🙌🙌 mim respondem como faço pra conseguir o auxílio novamente ??pois não temos nenhuma outra renda 😭🥺🥺

  3. Eliete Diz

    Estamos vivendo os últimos dias mas, nem tudo vai se acabar por aqui, porque, quem se acaba são as pessoas, o resto fica…
    Dizem que, quem faz aqui, paga aqui mesmo e, muitas coisas quando acontecem ficam buscando explicações que não existem, o que existem, são resultados.

  4. Maria do carmo Diz

    Porque os governadores ,senadores , presidente ,prefeitos ,vereadores ,suplentes,em fim ,toda turma da política não faz cortes no salário e nas mordomias ,para ter onde tirar para quem realmente necessita? Acho que um pouquinho menos ,nunca faria falta para os políticos e Deus os abençoará muito mais ,porque estariam matando a fome de milhares de crianças. Me perdoem ,mas como todos nós sabemos que enquanto os políticos tem tudo ,quem realmente trabalha passa fome , as vezes não tem o leite nem o pão pra matar a fome dos filhos.Senhores políticos ponham a mão na consciência,,trechos tem o que falta é mais empatia ,amor e respeito ao seu semelhante ,

    1. Margarete de Lima Campos Diz

      Verdade.Porque não tira dos salários deles.Por que não bota esse povo pra trabalhar,ao invés de dá dinheiro e tirar de quem não tem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.