Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

MEI: novo grupo deve ser enquadrado por lei sancionada pelo governo; saiba mais

Com a ação, o governo busca estimular os profissionais que atuam diretamente com transportes de cargas de forma autônoma

No último dia de 2021, o presidente Jair Bolsonaro (PL) aprovou um projeto de lei que permitiria a inclusão de um novo grupo como microempreendedores individuaisMEI. O programa é voltado para caminhoneiros autônomos. Agora, eles podem se tornar microempreendedores com direito ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ e outros benefícios. Saiba mais na matéria desta segunda-feira (10) do Notícias Concursos.

Saiba mais sobre a inclusão de nova categoria para MEI

Assim, por meio dessa ação, o governo busca estimular os profissionais que atuam diretamente no transporte de mercadorias de forma autônoma. O faturamento do novo grupo MEI-Caminhoneiro pode ser de até R$ 251.600,00, uma vez que equivale a R$ 21.000,00 por mês (não ultrapassando esse valor). As contribuições previdenciárias do grupo serão de 12% do salário mínimo.

Uma das vantagens é o faturamento e o acesso aos benefícios da Segurança Social, pois os caminhoneiros têm tetos mais altos do que outras categorias. Conquanto, na mesma lei que Bolsonaro aprovou, o funcionamento do Conselho Nacional do Partido (CGSN) também mudou.

MEI
MEI: novo grupo terá enquadramento por lei sancionada pelo governo; saiba mais – Foto: Canva Pro

Além de um representante da Federação Nacional representando as Micro e Pequenas Empresas, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) também faz parte dos respectivos comitês. Também promulgaram-se leis para ampliar a isenção do Imposto sobre Produtos Industriais (IPI) para a compra de carros novos por pessoas com deficiência e taxistas.

A elaboração do projeto no Congresso foi após a nomeação do deputado Jorginho Mello (PL-SC), que buscou incluir os caminhoneiros na categoria MEI. Ademais, sobre o projeto, a Secretaria-Geral do Presidente da República emitiu nota informando que a aprovação presidencial do projeto visa promover o espírito empreendedor dos caminhoneiros autônomos.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.