Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (4 votes)

Mais de 5 milhões receberão R$ 453 em auxílios em junho. Veja

De acordo com as informações oficiais, mais de 5 milhões de brasileiros poderão receber R$ 453 em auxílios neste mês de junho

Mais de 5 milhões de brasileiros receberão R$ 453 em auxílios sociais do Governo Federal neste mês de junho. Esta é uma estimativa feita quando se considera que parte dos usuários poderão acumular os valores do vale-gás nacional e também do Auxílio Brasil. Para alguns deles, o patamar poderá ser até maior do que este.

Oficialmente, o Auxílio Brasil faz pagamentos mínimos de R$ 400 por pessoa. Assim, independente da quantidade de indivíduos que moram em uma mesma casa e da renda per capita do cidadão, ele precisa ganhar, ao menos, R$ 400 em junho. O valor pode ser maior, mas nunca poderá ser inferior ao que está previsto em lei.

Já o vale-gás nacional fará pagamentos de R$ 53 aos usuários neste mês de junho. Oficialmente, o Ministério da Cidadania ainda não confirma a informação, mas o indicativo do valor já aparece nos apps do Auxílio Brasil. Alguns usuários já podem realizar a consulta em seus celulares. Na soma dos dois benefícios, o montante chega a R$ 453.

Segundo o Ministério da Cidadania, não há nenhum impedimento para o recebimento do vale-gás e do Auxílio Brasil ao mesmo tempo. Nesse sentido, os cidadãos podem acumular os dois saldos. Não é necessário se preocupar com possíveis punições. Ocorre que os dois benefícios costumam ser depositados sempre em uma mesma conta.

É importante lembrar que também não há impedimento para o recebimento do vale-gás nacional e de auxílios gás nos estados. De modo que o cidadão pode ganhar até mais que os R$ 453. De toda forma, é preciso atentar para as regras dos programas sociais da sua região. Em alguns estados, o acúmulo não é permitido por parte deles.

Maior valor

Caso os R$ 53 do vale-gás se confirmem oficialmente, estaremos falando do maior valor do programa desde o início dos seus pagamentos, em dezembro do ano passado. O aumento aconteceu por causa da elevação do preço médio do botijão de gás.

Conforme as regras gerais, o valor pago no vale-gás nacional precisa ser sempre, ao menos, a metade do preço médio do botijão de gás de 13kg no Brasil. A Agência Nacional de Petróleo (ANP) define quais são os valores todos os meses.

Dessa forma, caso o valor do botijão suba, o patamar do vale-gás nacional também sobe, bem como, se caso ocorra uma queda, simultaneamente o patamar do benefício também cairá. De qualquer forma, o cidadão é que será responsável por pagar a outra metade do preço do botijão.

Auxílios em junho

Os pagamentos do Auxílio Brasil e do vale-gás do Governo Federal seguirão exatamente o mesmo calendário neste mês de junho. Trata-se  de um sistema de repasses que já aconteceu em outras oportunidades, durante as liberações dos meses de fevereiro e abril.

No próximo dia 17 de junho, o Ministério da Cidadania libera o dinheiro para as pessoas que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 1. Nesse sentido, quem acumula os dois programas sociais, receberá os dois montantes de uma só vez.

No entanto, vale sempre lembrar que nem todo mundo que faz parte do Auxílio Brasil pode receber o vale-gás nacional neste momento. Dessa forma, alguns usuários do programa social receberão apenas os R$ 400. Qualquer cidadão pode conferir quanto ganha nos seus projetos acessando o app oficial do Auxílio Brasil.

3.5/5 - (4 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.