Leilão da Caixa: veja como conseguir descontos generosos nesta semana

Leilão da Caixa: veja como conseguir descontos generosos nesta semana

De acordo com informações oficiais, novo leilão da Caixa Econômica Federal já está se aproximando. Veja como participar

Falta pouco para o início de uma nova rodada de leilão de imóveis da Caixa Econômica Federal. De acordo com informações do banco, o próximo certame deve ocorrer já na próxima quinta-feira (2), quando 226 imóveis serão leiloadas com descontos de até 50% em parceria com a Globo Leilões.

O evento, aliás, já tem até horário para começar. De acordo com as informações oficiais, o leilão está previsto para acontecer a partir das 10h, pelo horário de Brasília.

Como funciona o leilão

Segundo a Globo Leilões, esta é a terceira fase de um leilão que foi iniciada no mês de março. Os lances poderão ser realizados no site do leiloeiro, e poderão mirar imóveis como apartamentos, casas e terrenos.

“Todos os imóveis estarão livres de dívidas, garantindo uma aquisição segura e transparente aos interessados”, ressalta a Globo Leilões.

Quais são as opções do leilão

Mas afinal de contas, quais são de fato as opções que estarão disponíveis para este novo leilão da Caixa Econômica Federal? De acordo com as informações oficiais, a lista varia a depender da região do contrato. Veja abaixo:

Norte

  • Pará (8);
  • Rondônia (1);
  • Tocantins (1).

Nordeste

  • Alagoas (2);
  • Bahia (3);
  • Ceará (6);
  • Paraíba (14);
  • Pernambuco (13);
  • Piauí (5);
  • Rio Grande do Norte (7);
  • Sergipe (2).

Centro-Oeste

  • Goiás (28);
  • Mato Grosso (6).

Sudeste

  • Espírito Santo (2);
  • Minas Gerais (38);
  • Rio de Janeiro (17);
  • São Paulo (37).

Sul

  • Paraná (12);
  • Santa Catarina (2);
  • Rio Grande do Sul (22).
Leilão da Caixa: veja como conseguir descontos generosos nesta semana
Nova fase do leilão da Caixa é aguardada por milhares de brasileiros. Imagem: Reprodução

Entre as opções de destaque podemos citar:

  • Ananindeua (PA), apartamento com 137,4 m², três quartos, sala, cozinha e uma vaga de garagem, com lance inicial de R$ 216 mil;
  • Itaberaba (BA), casa com 259,35 m² de área total, três quartos e quatro vagas de garagem, com lance inicial de R$ 200 mil;
  • Goiânia (GO), apartamento de 42,59m² está disponível a partir de R$ 103 mil;
  • Praia Grande (SP), apartamento com 113,21 m² de área total, 77,02 m² de área privativa, dois quartos, cozinha e uma vaga de garagem, com lance inicial de R$ 252 mil;
  •  São Leopoldo (RS), casa com 42 m², dois quartos e uma vaga de garagem a partir de R$ 106 mil.

Como é feito o pagamento do leilão

De acordo com a Globo Leilões, os pagamentos de imóveis que estão sendo ofertados nesta fase deverão ser feitos exclusivamente à vista. Em alguns lotes, no entanto, existe a possibilidade de utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para bancar ao menos uma parte do valor.

De todo modo, a principal dica neste momento é ler com atenção o edital voltado para cada um dos lotes que serão vendidos. Assim, o cidadão poderá entender de uma maneira mais clara quais são as formas de pagamento e as condições oferecidas para cada um dos casos.

“A oportunidade deste leilão abre caminho não só para investidores, mas para aqueles que almejam realizar o sonho da casa própria por um preço mais convidativo”, ressalta Joabe Balbino, leiloeiro da Globo Leilões.

Minha Casa, Minha Vida concede imóveis gratuitos

Um dos programas mais conhecidos entre brasileiros, o Minha Casa, Minha Vida entrou em uma nova etapa. Após uma decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao menos uma parcela da população vai poder conseguir imóveis de maneira gratuita, e através de um processo de inscrição relativamente simples.

Este, no entanto, não é um benefício voltado a todos os brasileiros. Por isso, o primeiro passo é entender se você está entre as pessoas qualificadas a participar desta nova fase do projeto. Entre outros pontos, o governo federal analisa critérios como renda familiar e também a necessidade habitacional.

De acordo com informações do Ministério das Cidades, pasta responsável pelo Minha Casa, Minha Vida, os imóveis serão concedidos de maneira gratuita para pessoas que fazem parte dos seguintes programas sociais:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.