Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Revisões anuais do benefício viram alvo de golpistas

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vem ultimamente efetuando a revisão dos benefícios pagos aos segurados e golpistas estão se aproveitando disso. Os criminosos entram em contato com a pessoa através de telefonemas, e-mail ou por mensagens de celular, que é a forma mais comum.

Segundo o INSS, os fraudadores encontraram uma maneira de se beneficiar desse momento de revisão que vem sendo realizada pelo instituto para tentar roubar dados pessoais dos beneficiários. O instituto alerta que nunca entra em contato direto com os segurados e jamais requisita o envio de fotos de documentos, a não ser pelo aplicativo “Meu INSS”.

As intimações geradas pela revisão administrativa são enviadas pelo INSS ao segurado, somente por meio de cartas que são entregues no endereço que consta no cadastro do mesmo. Se por algum motivo, a pessoa não for localizada ou a entrega não ser concluída, a notificação é publicada no Diário Oficial da União.

Caso tenha sofrido um golpe semelhante, o INSS orienta para que se registre um boletim de ocorrência e comunique as instituições envolvidas, como o próprio instituto e o banco cadastrado para o recebimento do benefício. É importante também denunciar a tentativa de golpe no site da ouvidoria do Governo Federal, ou pelo telefone 135.

Como evitar ser vítima do golpe

Com o conhecimento dos golpes que começaram a ser aplicados, o INSS publicou dicas e precauções para serem evitados. Sempre manter os dados de contato e endereço atualizados e utilizar apenas os meios oficiais de atendimento ao cliente para realizar qualquer solicitação ao instituto, são algumas delas.

Caso queira saber se seus dados já estão atualizados, deve acessar o site do “Meu INSS” ou ligar no número 135. Vale ressaltar que ao ligar para este número o atendente pode solicitar algumas informações. Este é um procedimento normal e serve para confirmar a identidade de quem está realizando a ligação, como medida de segurança.

O instituto alerta também que caso precise utilizar o SMS para comunicar a pessoa, o contato é feito através do número 280-41. Portanto, é importante que nunca se responda e nem clique em links enviados por um número que se passe pelo INSS que não seja este.

Revisões realizadas pelo INSS

A revisão do benefício é realizada pelo instituto com o objetivo de identificar dados desatualizados ou não informados e requisitar o ajuste dos mesmos aos beneficiários, para assim evitar o corte do recebimento do benefício por falta de dados. Cerca de 1,7 milhão de pessoas serão notificadas por meio de uma carta enviada pelo INSS, em todo território nacional.

Os convocados para regularizar os dados terão no máximo dois meses após o recebimento da carta para enviar os documentos requisitados pelo aplicativo “Meu INSS”, ou em uma agência da Previdência Social. Caso opte ou necessite utilizar do segundo método, é necessário realizar um agendamento prévio através do próprio aplicativo ou ligando para o número 135.

Se por algum motivo o beneficiário não regulamentar os documentos no período dentro dos 60 dias, o benefício poderá ser suspenso, ou até mesmo cancelado. Desta maneira, o indivíduo que tiver alguma pendência deve enviar a documentação o mais rápido possível para que o INSS possa concluir a análise do requerimento sem maiores complicações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.