Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Governo vai investigar beneficiários que recebem o auxílio emergencial

De acordo com as informações do INSS, o Governo vai começar a analisar as contas que estão recebendo Auxílio indevidamente

O Governo Federal deve começar nos próximos dias a fazer um levantamento nos dados dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A ideia é descobrir quais deles estão recebendo o dinheiro do Auxílio Emergencial. Quem estiver nesta situação, vai devolver a quantia em forma de desconto no benefício.

Não é novidade que aposentados e pensionistas do INSS não podem receber o dinheiro do Auxílio Emergencial. Essa regra, aliás, vale desde o ano passado. É que o Governo entende que essas pessoas não podem receber essa quantia porque em tese elas possuem um meio de sustento, que no caso é a aposentadoria.

Novidade mesmo foi a portaria que o Ministério da Cidadania e o próprio INSS divulgaram ainda na última semana. Eles informaram oficialmente como vai ser a forma de devolução do dinheiro que essas pessoas pegaram indevidamente. A ideia é que eles tenham que pagar isso através de descontos.

De acordo com a portaria, esses indivíduos perceberão que o benefício do INSS vai vir 30% menor nos próximos meses. Esse é o máximo de desconto mensal que o Governo vai cobrar. No entanto, essa taxa vai vir todo mês até que se complete o valor total que esse aposentado pegou de forma indevida da União.

A ideia é que o Governo consiga recuperar muito dinheiro com essa medida. No entanto, ainda não se sabe ao certo quanto seria. É que o Palácio do Planalto ainda não tem noção do tamanho do rombo que essas fraudes de aposentados pode ter causado de fato nos pagamentos do Auxílio Emergencial.

Fraudes no Auxílio

A grande questão é que o Governo Federal está tentando fechar o cerco contra fraudes no programa este ano. Tudo porque eles não querem repetir os erros que aconteceram nos pagamentos do projeto no ano passado.

De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria Geral da União (CGU), o Planalto repassou bilhões de reais em pagamentos indevidos em 2020. É por isso que o Governo não quer passar pela mesma situação.

O fato, no entanto, é que ainda não há dados oficiais suficientes para saber se o Planalto está conseguindo alcançar esse objetivo. Ainda há poucas informações sobre números de fraudes descobertas nesta nova versão do programa em 2021.

Dataprev

Falando em análises, o Governo Federal escalou o Dataprev para verificar com certa periodicidade a situação das contas de todos os 37 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial. A ideia é justamente verificar possíveis golpes.

O que se sabe de maneira oficial é que cerca de 2 milhões de brasileiros deixaram de receber o Auxílio Emergencial este ano. Isto contando apenas as pessoas que começaram a receber o programa neste período que compreende os meses de abril, maio, junho e julho.

Nas redes sociais, é possível ver que muita gente não concorda nada com muitos desses cancelamentos. Boa parte das pessoas afirmam que o Dataprev estaria apresentando bloqueios que seriam injustos. A polêmica deve se estender pelos próximos meses.

3 Comentários
  1. Dina Diz

    Engraçado que o governo não vai levanta dados de quem não recebe o benefício. Recebi meu salário maternidade o ano passado e o governo cortou meu auxilio, estou se renda e não tem como contestar. Pensar em fazer corte é uma ótima idéia agora voltar a pagar pessoas que estão sem renda no caso do salário maternidade o benefício é só 4 meses, mas ninguém pensa em fazer uma nova análise para voltar a receber o benefício. Esse governo é decepcionante.

  2. JOSÉ ROGÉRIO DE ANDRADE SILVA Diz

    meu esta assim cidadão não processado significar uque que eu não recebo mais este auxílio emergencial porque eu não estou trabalhando estou desempregado sem auxílio emergencial com família pra da de come e pago aluguel é energia ta bom de a data preve verificar isto pra todos que estão na mesma situação que eu ou mais eu não estou conseguindo contestar na data preve esta constatando que estou assim cidadão não processado significar uque que

  3. Lara Diz

    Eu não recebo e tenho direito….já denunciei várias casadas com imoveis

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.