Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Inep iniciará aplicação de provas do Saeb 2021 em 8 de novembro

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou nesta semana uma portaria no Diário Oficial da União com as diretrizes para a aplicação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2021.

De acordo com a Portaria nº 250/2021, a aplicação dos instrumentos do Saeb 2021 será feita no período de 08 de novembro a 10 de dezembro de 2021 em todos os estados. A última semana será apenas para aplicações de contingência, ou seja, para as avaliações que foram reagendadas.

Alunos farão testes de Português e de Matemática

A portaria especifica ainda como será feita a aplicação dos testes e questionários. Haverá aplicação de questionários para as Secretarias Municipais de Educação, para os Diretores de Escola, para professores de turmas, e para alunos.

Desse modo, o 2º ano do ensino fundamental passará por avaliação em formato amostral de Língua Portuguesa e Matemática. Já a avaliação do 9º ano, que também será amostral, será sobre as áreas de Ciências da Natureza e de Humanas.

Além disso, haverá avaliação censitária por meio de testes de Língua Portuguesa e Matemática para alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental e para alunos das 3ª e 4ª série do médio. Os testes serão de acordo com a BNCC.

A edição do Saeb de 2021, a avaliação da Educação Infantil será feita de forma amostral, por meio da aplicação de questionários a secretários municipais, a diretores de escolas e a docentes.

Os diretores poderão conferir os resultados das escolas em até 190 dias após o o período de aplicação do Saeb. Já os resultados por estado, por região e de todo o país ficarão disponíveis em até 90 dias após a liberação dos resultados preliminares.

Os resultados ficarão disponíveis por meio do site do Sistema Saeb. Clique aqui para acessar.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também SP: Governo de São Paulo altera regras para a volta às aulas presenciais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.