Imposto de Renda: SAIU o calendário de restituição da Receita Federal

De acordo com as informações oficiais, restituição do Imposto de Renda será paga em cinco parcelas no segundo semestre deste ano

A Receita Federal já divulgou o calendário de restituição do Imposto de Renda para este ano de 2022. Como já era esperado, as datas das reposições dos valores acontecerão apenas a partir do segundo semestre. Abaixo você pode consultar quais são os dias marcados para o depósito do dinheiro da declaração.

  • 31 de maio de 2022;
  • 30 de junho de 2022;
  • 29 de julho de 2022;
  • 31 de agosto de 2022;
  • 30 de setembro de 2022.

As pessoas que declararam o Imposto de Renda nas primeiras datas certamente terão mais chances de receber uma possível restituição logo nas primeiras datas da liberação. Assim, elas podem pegar o dinheiro logo neste dia 31 de maio ou mesmo no dia 30 de junho de 2022.

Segundo a Receita Federal, apesar da divulgação das datas, ainda não é possível saber a data exata em que cada cidadão receberá a restituição. Todo o processo depende de uma série de análises e características próprias de cada cidadão. Há algumas situações em que pessoas têm prioridade no recebimento, por exemplo.

O cidadão que enviou a declaração nos primeiros dias do prazo e percebeu que alguma informação está errada, pode enviar uma retificação pelo mesmo aplicativo da Receita Federal. No entanto, neste caso, ele perde a prioridade do recebimento da restituição logo nos primeiros lotes de liberação marcados para este ano de 2022.

De toda forma, a Receita Federal garante que independente da data de envio da declaração, o fato é que todos os usuários terão a chance de receber a restituição. Basta ter direito ao dinheiro, que ele receberá a quantia mais cedo ou mais tarde. Qualquer dúvida sobre o tema pode ser tirada na própria página oficial do órgão na internet.

Prazo entra no último mês

É importante lembrar que os cidadãos brasileiros possuem agora menos de um mês para enviar a declaração do Imposto de Renda para a Receita Federal. A data limite é justamente o próximo dia 31 de maio.

Inicialmente, a Receita Federal chegou a anunciar que o prazo final seria o dia 29 de abril, mas eles decidiram esticar o período de recebimento. Assim, as pessoas ganharam mais um mês para enviar as documentações.

De qualquer forma, não há nenhuma indicação de que a Receita Federal esticará o prazo mais uma vez. Assim, as pessoas que não enviarem a declaração até o próximo dia 31 de maio, poderão ter que pagar uma multa que pode chegar até a 20% do imposto devido.

Imposto de Renda pode dar prisão?

Sim. De acordo com informações do Código Penal, um cidadão que mente ou burla o sistema da Receita Federal, pode estar cometendo um crime de evasão fiscal. Para estes casos, ele pode pegar prisão de até cinco anos nos casos mais graves. Entretanto, situações com estas são menos comuns do que se imagina.

Na última segunda-feira (25), a Receita Federal anunciou que pouco mais de 17 milhões de brasileiros já enviaram a declaração do Imposto de Renda. Ao mesmo passo, outros mais de 18 milhões não enviaram nada.

Uma nova atualização dos números deve ser divulgada ainda nesta segunda-feira (2). Independente dos novos dados, o fato é que especialistas seguem dizendo que a principal dica é não deixar para declarar as informações no final do prazo. Quanto antes, melhor.

3.9/5 - (28 votes)
13 Comentários
  1. Luís Diz

    Acho que você quis se referir ao segundo semestre.

  2. Eliane Diz

    De janeiro a junho são seis meses, ou seja, um semestre, de julho a dezembro são mais seis meses, já é outro semestre, sendo assim o ano tem dois semestres, primeiro e segundo semestre

  3. Eliane Diz

    Primeiro semestre se refere aos primeiros seis meses do ano, ou seja, de janeiro a junho.

  4. Marcos Diz

    Que data vai liberar a consulta se a restituição vai ser paga

  5. DENISE Diz

    Desde sempre… o semestre é composto de 6 meses corridos.

  6. Guilherme Diz

    Me responde primeiro,o que é semestre?

  7. Alexandre Diz

    Desde o momento que semestre é relativo a 6 meses, os mês 5 e o mês 6 fazem parte do primeiro semestre.
    Espero ter ajudado, e para mais informações como essa consulte o Google.

  8. Ana Diz

    Semestre refere-se a 6 meses, um ano possui 12 meses, ou seja 02 semestres, logo maio e junho pertencem ao primeiro semestre.

  9. Renato Souza Diz

    Kkkkkk. Faltou à aula nesse dia???

  10. Sebastião Diz

    Desde que criaram o calendário gregoriano.

  11. Luiz Soares Diz

    Pelo que sabemos, maio e junho, são conhecidos como o 5º e 6º do ano. Logo pertencem ao 1º semestre. Não é Wilson )

  12. Wilson Diz

    Quer dizer que maio e junho fazem parte do primeiro semestre? Desde quando?

  13. Márcio Machado Diz

    Segundo semestre? O primeiro pagamento acontecerá neste mês de maio. Corrige aí!
    Abraço!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.