Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Imposto de Renda: faltam menos de duas semanas para o fim do prazo da declaração

Receita Federal alerta que cidadãos só têm apenas mais duas semanas para realizar a declaração do Imposto de Renda deste ano

Em menos de duas semanas se acabará o prazo para a declaração do Imposto de Renda deste ano de 2022. De acordo com a Receita Federal, os cidadãos têm até o próximo dia 31 de maio, às 23h59 para enviar a documentação. Quem não cumprir o prazo, poderá ter que pagar uma multa que pode chegar até 20% do imposto devido.

A dica da Receita Federal é realizar a declaração o quanto antes e não deixar tudo para a última hora. O primeiro passo é procurar a sua documentação básica, com todos os informes de rendimentos. O aplicativo oficial para a declaração já está oficialmente disponível para download em computadores, de modo totalmente gratuito.

Uma dica importante é pegar dados que já foram declarados anteriormente. Algumas pessoas costumam salvar as informações das declarações de anos anteriores. Quem encontrar a documentação, perde menos tempo para preencher toda a papelada durante o processo deste ano de 2022.

Há, por exemplo, a opção de solicitação da chamada declaração pré-preenchida. Segundo a Receita Federal, trata-se de uma documentação que já vem com todos os dados dos anos anteriores. Assim, o cidadão só precisa ter o trabalho de alterar algumas informações básicas de alterações que possam ter ocorrido nos últimos 12 meses e enviar a documentação.

Para quem fará a primeira declaração, a dica é procurar todos os documentos exigidos antes do procedimento. É importante iniciar a busca o mais rapidamente possível, pois alguns informes demandam alguns dias para serem entregues e, como dito, são apenas mais duas semanas de prazo para a declaração do Imposto de Renda.

A declaração

Segundo informações da Receita Federal, pouco mais de 12 milhões de declarações ainda são esperadas nestas últimas duas semanas restantes. Há o temor de que a maioria das pessoas planeje realizar o procedimento apenas nos últimos dias.

A escolha pode ser perigosa. Com a quantidade de indivíduos que ainda não declararam, é possível afirmar que existe uma grande chance de congestionamento no sistema. Dessa forma, os cidadãos correm o risco de perderem o prazo.

Segundo o Ministério da Cidadania, as pessoas que perdem o prazo final para a declaração do Imposto de Renda podem ter que pagar uma multa, e em caso de não pagamento, passar a ser consideradas inadimplentes perante o Governo Federal.

Imposto de Renda no Senado

No início da tarde desta terça-feira (17), a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou um projeto que prevê a dedução  do Imposto de Renda nos gastos com remédios de alto custo e que sejam de uso contínuo.

Como o projeto está tramitando em caráter terminativo, ele não precisa ir para o plenário do Senado. Ele vai direto para a Câmara dos Deputados, caso nenhum senador apresente algum recurso. É provável que nenhum parlamentar questione.

Considerando que o projeto seja aprovado na Câmara dos Deputados, o texto deve seguir para análise do presidente Jair Bolsonaro (PL). De toda forma, as mudanças nas regras do Imposto de Renda não valeriam para este ano de 2022.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.