Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

História: 5 assuntos mais cobrados no Enem

Quais são os temas mais cobrados na prova de História no Enem?

Naturalmente, existem diversos assuntos para serem estudados. Mas o Exame Nacional do Ensino Médio apresenta uma predisposição para alguns deles, acompanhe o artigo para saber quais são.

História Contemporânea

A Idade Contemporânea, começou com a Revolução Francesa, em 1789, e consiste na história vivida nos dias de hoje.

Estudar do Iluminismo ao Capitalismo é fundamental para ir bem em questões de História do Enem. Aprofunde-se nas características políticas, culturais e sociais.

Brasil Colônia

A História do Brasil sempre despenca no Enem. Por isso, estudar todos os períodos já é lei para ir bem no exame. 

Todavia, dar estudar mais o período do Brasil Colônia pode ser uma ótima dica. Desse modo, estude desde a chegada dos portugueses ao Brasil, no ano de 1500 à proclamação da independência, em 1822.

Brasil Império

Outro período que merece atenção em relação à História brasileira é o Brasil Império. Estude a primeira Constituição, outorgada em 1824, durante a fase imperial.

Além disso, é muito cobrado à época que havia os três poderes políticos, assim como o Poder Moderador. Compreenda as características políticas, além dos conflitos e as disputas, mudanças na sociedade, entre outros tópicos importantes.

História Política

A política faz parte integralmente da história brasileira da era antiga até os dias de hoje. Por isso, não deixe de lado suas particularidades, transformações e influências na sociedade. 

Dê atenção especial aos regimes políticos, acontecimentos marcantes, principais líderes políticos, relações entre a política e a sócio-economia. 

Movimentos sociais

Os movimentos sociais também são muito cobrados no Enem. Em síntese, muitos deles provocaram verdadeiras revoluções políticas, econômicas, culturais, influenciando sociedades inteiras.

Vale estudar a origem dos movimentos, a cronologia, as influências político-partidárias, os principais líderes, as oposições, efeitos, assim como os principais desdobramentos. 

E então, gostou das dicas? Não deixe de ler também – Dom Pedro II: Detalhes de seu governo, escravidão e legado

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.