Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

A Revolução Francesa: o Período do Terror

Tudo aquilo que você precisa saber

O Período do Terror: um resumo

O Período do Terror, também conhecido simplesmente como Terror ou como Fase do Terror, foi uma das fases da Revolução Francesa

O assunto é abordado com muita frequência por questões de história geral, principalmente nos vestibulares.

O Período do Terror: introdução

O período do Terror foi a fase mais radical de toda a Revolução Francesa, estando presente entre os anos de 1793 e 1794. 

Durante esse período, os jacobinos, considerados o grupo mais radical da Revolução, assumiram o poder francês. É justamente por isso que essa fase é também denominada de “Terror Jacobino”.

O Período do Terror: contexto histórico

O período do Terror se iniciou na segunda metade do ano de 1793. O contexto da época era turbulento: Jean-Paul Marat, importante representante do jacobino, havia sido assassinado por um girondino e, ao mesmo tempo, um movimento contrarrevolucionário se organizava na Europa e em partes da própria França, com o objetivo de impedir o desenvolvimento da Revolução Francesa. 

É nesse cenário que, para defender as ideias e a perpetuação da Revolução, os jacobinos assumem o poder da França. Maximilien de Robespierre é o principal nome do governo e, para consolidar o poder jacobino, decide suspender a Constituição. Inicia-se oficialmente, em 1793, a Fase do Terror.

Robespierre criou, no mesmo ano, duas instituições: o Comitê de Salvação Pública e o Tribunal Revolucionário. Os dois órgãos seriam responsáveis por prender aqueles que eram considerados “traidores” da Revolução Francesa. 

O Período do Terror: características 

Em pouco tempo, Robespierre perdeu o controle do uso do Comitê e do Tribunal. Governando com plenos poderes, o jacobino ordenaria mais de 30 mil execuções na guilhotina, incluindo aqueles de membros do seu próprio partido, que haviam sido seus aliados, como Georges Jacques Danton e Camille Desmoulins.

É durante o período do Terror que os ex-monarcas franceses, Luís XVI e Maria Antonieta, seriam guilhotinados. 

Ainda, no mesmo período, os jacobinos instaurariam importantes diretrizes, como a abolição de todos os privilégios na França, o fim da escravidão nas colônias francesas de todo o mundo e a obrigatoriedade do ensino básico.

O Período do Terror: declínio

No ano de 1794, os jacobinos perderam todo o apoio dos franceses, devido à extrema violência que estava sendo praticada e à falta de controle da situação. Assim, no mesmo ano, o próprio Robespierre seria guilhotinado, colocando fim ao período do Terror.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
3 Comentários
  1. asdsad Diz

    asd

  2. teste2 Diz

    teste2

  3. teste Diz

    teste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.