Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Guedes diz que o “inferno” da inflação já passou

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez uma afirmação nesta quinta-feira (19) em um evento em São Paulo, dizendo que o Brasil já saiu do “inferno” da inflação. Além disso, o ministro também disse que é “natural” ele continuar no seu atual cargo, em caso de uma reeleição de Jair Bolsonaro.

No entanto, em contradição com as afirmações feitas por Guedes, o próprio Ministério da Economia anunciou um aumento na estimativa da inflação. O anúncio foi feito horas depois da declaração do ministro, em um evento de consultoria econômica em São Paulo. A estimativa da inflação no Brasil em 2022 passou de 6,5% para 7,9% oficialmente.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação no mês de abril teve um aumento de 1,06%. Esse valor é o mais alto para abril desde 1996. O Banco Central, inclusive, prevê a inflação em 7,89% ao final de 2022. Além disso, segundo o Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta definida é de 3,5% e será considerada cumprida se estiver entre 2% e 5%.

Em declaração no evento Arko Advice e Traders Club, Guedes afirmou: “Está faltando manteiga na Holanda, tem gente brigando na fila da gasolina no interior da Inglaterra, que teve a maior inflação dos últimos 40 anos e vai ter dois dígitos já já. Eles estão indo para o inferno. Nós já saímos do inferno, conhecemos o caminho e sabemos como se sai rápido do fundo do poço”.

O que é a inflação

Inflação é quando o preço dos bens e serviços aumentam. Desse modo, a inflação implica a diminuição do poder de compra da moeda, e consequentemente do poder de compra do consumidor. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é o índice de preços utilizado no Brasil para o sistema de metas da inflação.

Como consequência da inflação a economia fica cheia de incertezas, o que diminui os investimentos, e acaba prejudicando o crescimento econômico. Os consumidores e as empresas acabam perdendo a noção do preço relativo, tornando muito difícil determinar se um produto está barato ou caro.

De acordo com o site do Banco Central: “Inflação mais alta também aumenta o custo da dívida pública, pois as taxas de juros da dívida pública têm de compensar não só o efeito da inflação mas também têm de incluir um prêmio de risco para compensar as incertezas associadas com a inflação mais alta”.

Preço dos combustíveis

A alta nos preços dos combustíveis está sendo a principal responsável pelo aumento do IPCA. A inflação oficial do Brasil atingiu 12,3% em um período de 12 meses terminando em abril. Esse é o valor mais alto de inflação para um período de um ano desde 2003.

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, ele está sofrendo um desgaste político devido à alta no preço dos combustíveis. Além disso, Bolsonaro está constantemente fazendo críticas à Petrobras, que já trocou de presidente duas vezes.

Com intuito de conter a inflação, o Banco Central subiu os juros básicos da economia nos últimos 12 meses. A taxa Selic chegou a 12,75% ao ano, atingindo seu maior valor nos últimos 5 anos. O pico da inflação é previsto para os meses de abril e maio de 2022.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.