Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo Federal antecipa terceira parcela do Auxílio Emergencial

Assim que o Auxílio Emergencial de 2021 iniciou, os participantes puderam ter acesso ao calendário de pagamentos de todas as quatro parcelas. Além disso, já foi possível entender que os depósitos aconteceriam com um escalonamento por grupos de aniversariantes. Isto é, seriam doze dias de liberação, para os beneficiários que nasceram em janeiro, depois em fevereiro e assim por diante.

Ademais, primeiramente, aconteceriam os depósitos na Conta Poupança Digital para, em seguida, ocorrer a liberação dos saques em dinheiro. Portanto, a intenção foi de evitar aglomerações e, por conseguinte, minimizar a possibilidade de proliferação do coronavírus. Assim, de início, o depósito já consegue abarcar grande parte do público enquanto que o saque em dinheiro se mostra mais necessário àqueles que têm pouco acesso à internet, por exemplo.

No entanto, mesmo com a definição do calendário de pagamentos desde o princípio, no decorrer do programa, a Caixa Econômica Federal já anunciou algumas antecipações. Portanto, os beneficiários puderam receber a segunda parcela, por exemplo, em prazo menor do que se esperava. Dessa forma, também se previa que a terceira parcela também passaria pela antecipação.

Governo Federal antecipa pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial

O Governo Federal antecipou o calendário de transferências e saques referentes à terceira parcela do Auxílio Emergencial de 2021. Assim, tal medida abarcará todo o público que se inscreveu através dos canais digitais e também pelo Cadastro Único. Tratam-se dos valores que variam entre R$ 150 e R$ 375, a depender da composição familiar de cada participante. 

Dessa forma, o Ministério da Cidadania publicou as novas datas hoje, 15 de junho, terça-feira. Lembra-se, ainda, que o calendário oficial do programa já contou com antecipação outras vezes. 

Então, os depósitos na Conta Poupança Social Digital terão início na próxima sexta-feira, dia 18 de junho, para os participantes que nasceram no mês de janeiro. No entanto, segundo o cronograma anterior, os pagamentos só se iniciariam no domingo, dia 20 de junho. 

Além disso, a mudança também terá impacto nas datas que se relacionam ao saque dos valores. Portanto, a nova data para saques e transferência da quantia passa para o dia 1º de julho. O calendário anterior, contudo, só autorizava o processo de retirada do dinheiro a partir do dia 13 de julho. 

Modelo de escalonamento prossegue

O modelo de escalonamento que já se adotava desde o ano passado continuará a se utilizar para o restante do benefício em 2021. Assim, a intenção é que o método possa diminuir possíveis fila e aglomerações nas agências Caixa e lotéricas. 

No entanto, os beneficiários do Auxílio Emergencial que também participam do Programa Bolsa Família não se comunicou nenhuma alteração. Ocorre que este grupo possui um escalonamento e calendário de pagamentos específico. Ao contrário do grupo de beneficiários do Cadastro Único e Caixa Tem, aqueles do Bolsa Família obedecem às regras do próprio programa. Isto é, seus depósitos sempre acontecem nos últimos dez dias úteis do mês e com escalonamento de acordo com o último dígito de seu NIS (Número de Identificação Social).

Então, o direcionamento dos recursos continuará se realizando de acordo com o calendário padrão. Dessa forma, para o mês de junho, o início dos repasses será no dia 17, para os beneficiários que possuam o Número de Identificação Social (NIS) com o final 1. 

Ademais, segundo o Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, a antecipação das parcelas do Auxílio Emergencial se deu devido à maior parte da população utilizar cada vez mais o aplicativo Caixa Tem. Assim, a movimentação dos valores no app diminui a quantidade de pessoas que se deslocam as agências físicas para realizar o saque da quantia em dinheiro. 

Confira as novas dadas de depósito e saque da terceira parcela do Auxílio Emergencial

Entenda como ficará o calendário de pagamentos com a nova antecipação de datas da terceira parcela para os participantes com inscrição no Cadastro Único.

Calendário de depósito na conta da terceira parcela

Receberão nas seguintes datas aqueles que nasceram em:

  • Janeiro: Depósito em Conta Digital acontecerá em 18 de junho.
  • Fevereiro: Depósito em Conta Digital acontecerá em 19 de junho.
  • Março: Depósito em Conta Digital acontecerá em 20 de junho.
  • Abril: Depósito em Conta Digital acontecerá em 22 de junho.
  • Maio: Depósito em Conta Digital acontecerá em 23 de junho.
  • Junho: Depósito em Conta Digital acontecerá em 24 de junho.
  • Julho: Depósito em Conta Digital acontecerá em 25 de junho.
  • Agosto: Depósito em Conta Digital acontecerá em 26 de junho.
  • Setembro: Depósito em Conta Digital acontecerá em 27 de junho.
  • Outubro: Depósito em Conta Digital acontecerá em 29 de junho.
  • Novembro: Depósito em Conta Digital acontecerá em 30 de junho.
  • Dezembro: Depósito em Conta Digital acontecerá em 30 de junho.

Calendário de liberação de saque em dinheiro da terceira parcela

Poderão sacar os valores nas seguintes datas, aqueles que nasceram em:

  • Janeiro: A liberação do saque em dinheiro será no dia 1º de julho.
  • Fevereiro: A liberação do saque em dinheiro será no dia 02 de julho.
  • Março: A liberação do saque em dinheiro será no dia 05 de julho.
  • Abril: A liberação do saque em dinheiro será no dia 06 de julho.
  • Maio: A liberação do saque em dinheiro será no dia 08 de julho.
  • Junho: A liberação do saque em dinheiro será no dia 09 de julho.
  • Julho: A liberação do saque em dinheiro será no dia 12 de julho.
  • Agosto: A liberação do saque em dinheiro será no dia 13 de julho.
  • Setembro: A liberação do saque em dinheiro será no dia 14 de julho.
  • Outubro: A liberação do saque em dinheiro será no dia 15 de julho.
  • Novembro: A liberação do saque em dinheiro será no dia 16 de julho.
  • Dezembro: A liberação do saque em dinheiro será no dia 19 de julho.

O que a antecipação provocou?

Como é possível perceber, a antecipação das parcelas do Auxílio Emergencial de 2021 retira o espaçamento de dois ou três dias entre cada crédito ou saque. Portanto, o novo cronograma se reformula com a presença de crédito todos os dias da semana, sem a existência de pausas, nem mesmo nos finais de semana.

“A mudança mais significativa será para os nascidos em dezembro, que passam a ter direito à terceira parcela ainda em junho, no dia 30, junto com quem faz aniversário em novembro. Antes, quem nasceu no último mês do ano receberia em 21 de julho”, destacou o Ministério da Cidadania.

Dessa forma, todos os beneficiários poderão receber e sacar seus valores de forma antecipada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.