Governo vai pagar o AUXÍLIO GÁS em novembro? Descubra agora

Governo vai pagar o AUXÍLIO GÁS em novembro? Descubra agora

Com a proximidade da segunda quinzena de novembro, muitas pessoas se perguntam se o Governo Federal pagará o Auxílio Gás neste mês. O benefício surgiu em 2021 para ajudar as famílias do país que se encontravam em vulnerabilidade social e não tinham condições de comprar o botijão de gás de cozinha.

Em suma, o item é muito importante para boa parte da população, que o utiliza para cozinhar. Pensando nisso, o auxílio foi criado e figura como um dos principais benefícios pagos regularmente pelo Governo Federal no país. Por isso, os segurados sempre ficam atentos ao calendário de repasses do auxílio, que beneficia milhões de famílias.

A saber, o governo Lula vem garantindo o repasse de 100% do valor médio nacional do botijão de gás de 13 quilos aos beneficiários. Assim, as famílias ficam livres de preocupação com o gás de cozinha.

Em outubro, o governo federal pagou uma parcela de R$ 106 a 5,5 milhões de pessoas inscritas no Auxílio Gás. Os repasses aconteceram através da Caixa Econômica Federal, que realiza o pagamento de auxílios sociais e direitos trabalhistas no país.

Neste mês de novembro, os repasses do Auxílio Gás foram interrompidos, para tristeza dos segurados. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, o pagamento do benefício ocorre bimestralmente, ou seja, a cada dois meses. Por isso que não haverá repasses em novembro.

Próxima parcela do Auxílio Gás

A retomada dos pagamentos do Auxílio Gás só ocorrerá em dezembro, seguindo a lógica dos repasses a cada dois meses. Cabe salientar que o pagamento das parcelas acontece de acordo com a numeração final do Número de Identificação Social (NIS), nos 10 últimos dias úteis do mês. Assim, um novo grupo tem acesso ao valor em suas contas a cada dia útil.

Veja abaixo o calendário de pagamentos do Auxílio-Gás em dezembro de 2023:

Data do pagamentoFinal do NIS
11 de dezembro (segunda-feira)1
12 de dezembro (terça-feira)2
13 de dezembro (quarta-feira)3
14 de dezembro (quinta-feira)4
15 de dezembro (sexta-feira)5
18 de dezembro (segunda-feira)6
19 de dezembro (terça-feira)7
20 de dezembro (quarta-feira)8
21 de dezembro (quinta-feira)9
22 de dezembro (sexta-feira)0

Qual será o valor do auxílio em dezembro?

A saber, a expectativa é que o valor das parcelas se mantenha no mesmo patamar dos últimos repasses, próximo de R$ 110. Confira abaixo o valor do Auxílio-Gás pago em 2023:

  • Fevereiro: R$ 112;
  • Abril: R$ 110;
  • Junho: R$ 109;
  • Agosto: R$ 108;
  • Outubro: R$ 106.

A saber, o governo analisa os dados do levantamento semanal realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em síntese, a entidade divulga o valor médio nacional que o gás de cozinha teve em cada mês, e é a partir desse dado que o governo determina o valor da parcela do benefício.

Na semana passada, o preço médio do gás de cozinha foi de R$ 101,52 no país. Isso quer dizer que o governo poderia até mesmo reduzir significativamente o valor da parcela paga. No entanto, isso não deverá acontecer, pois as parcelas estão vindo acima do valor médio nacional desde junho.

Beneficiários do Auxílio-Gás torcem para que parcela de outubro continue elevada
Beneficiários do Auxílio Gás torcem para que parcela de outubro continue elevada. Imagem: Shutterstock.

Veja quem pode receber o Auxílio Gás

O pagamento do Auxílio Gás se destina apenas às pessoas que atendem os seguintes requisitos:

  • Estar com a inscrição ativa no CadÚnico; e
  • Ter renda familiar mensal de até meio salário mínimo (R$ 660) por pessoa; ou
  • Possuir algum membro residente do domicílio que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Além disso, a lei que criou o programa social também estabeleceu que o auxílio deverá ser concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

Embora muitas pessoas atendam os requisitos, nem todas recebem o auxílio. De todo modo, cabe salientar que os usuários do Bolsa Família têm preferência para receber o benefício. Contudo, nem mesmo isso não é garantia para a aprovação do Auxílio Gás. Na verdade, a única coisa que resta aos beneficiários é aguardar todos os meses para saber se terão direito ao auxílio ou não.

Saiba mais detalhes sobre o Auxílio Gás no portal Assistencialismo

Cadastro pode ser feito pela internet

As pessoas que atendem os requisitos para receber o Auxílio-Gás devem seguir os passos abaixo para se cadastrarem e tentarem ser incluídas na folha de pagamento do benefício. Isso pode ser feito pela internet, o que facilita a vida dos brasileiros. Veja como se inscrever:

  • Baixe o aplicativo do Cadastro Único no smartphone;
  • Faça o pré-cadastro pelo aplicativo, informando os dados das pessoas que fazem parte da família;
  • O responsável familiar terá até 120 dias para ir ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

O terceiro passo só pode ser feito presencialmente. No CRAS, o responsável familiar deverá apresentar obrigatoriamente o CPF ou o título de eleitor para realizar o cadastramento. Já para os demais membros da família, o responsável deve apresentar qualquer um dos documentos abaixo:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor.

No CRAS, o responsável familiar passará por uma entrevista, com questionamentos sobre rendimentos, despesas e características do domicílio e dos membros da família. Após a entrevista, o cidadão receberá o Número de Identificação Social (NIS), caso ainda não tenha.

Por fim, as famílias só poderão participar de programas sociais se estiverem inscritas no CadÚnico. Para conferir a situação e descobrir se você receberá o Auxílio Gás, basta ficar ligado nos canais oficiais do governo federal:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.