Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo Federal prepara nova bolsa social para jovens e idosos

De acordo com o Ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, novo projeto pode acabar gerando milhões de novos empregos

O Governo Federal está neste momento trabalhando na criação do novo Bolsa Família. Só que além desse programa, outra ala do Planalto está estudando a possibilidade de pagar um outro benefício. De acordo com informações de bastidores, a ideia é criar um projeto para ajudar a criar empregos nas prefeituras do Brasil.

Trata-se portanto do Serviço Social Voluntário. A ideia central é que a União e os governos municipais dividam os custos do pagamento de uma bolsa. Em troca, essas prefeituras precisariam contratar jovens que tenham entre 16 e 29 anos de idade. Além, disso, eles deveriam contratar também pessoas que tenham acima de 50 anos.

Membros do Governo Federal afirmam que tentar aumentar a faixa de emprego nessas idades pode ser crucial para a recuperação do país. É que se entende que normalmente são pessoas mais jovens e mais velhas que encontram maiores dificuldades para encontrar vagas no mercado de trabalho. Por isso que eles seriam uma espécie de foco.

De acordo com o Ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, a ideia é que essas pessoas acabem passando por cursos de qualificação nestas prefeituras. Ele disse ainda que o projeto deve atender preferencialmente os cidadãos que não estariam dentro do Bolsa Família ou de qualquer outro auxílio do Governo Federal.

Ele até afirmou que isso daria algo em torno de 7,8 milhões de pessoas. Como dito, no entanto, o programa ainda está em fase de estudo. Portanto, muita coisa pode mudar em toda essa lógica. De qualquer forma, Onyx disse que está confiante na aprovação e execução deste projeto ainda neste ano de 2021.

Semelhante ao BIP

O estilo deste possível novo programa se assemelha muito com o Bônus por Inclusão Participativa (BIP). Trata-se portanto de um projeto, este capitaneado pelo Ministério da Economia, que também deve entrar em cena este ano.

De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a ideia do BIP é dividir os custos de uma bolsa com as empresas. Esse dinheiro vai para jovens que não estão nem trabalhando e nem estudando neste momento.

Em troca, esses indivíduos teriam que trabalhar nessas empresas. De acordo com o Ministro, essa seria uma forma de inserir essas pessoas no mercado de trabalho. É portanto uma ideia semelhante ao projeto que Onyx quer implantar junto com as prefeituras.

Bolsa Família e Auxílio

O Governo Federal está preparando esta série de projetos para o segundo semestre por um motivo óbvio. Eles sabem que dois dos seus grandes pilares chegarão ao fim nos próximos meses. Então provavelmente vai ficar um vazio nesses lugares.

O Auxílio Emergencial, por exemplo, deverá chegar ao fim em outubro. A ideia inicial do Governo era pagar esse benefício até julho, mas eles mudaram de ideia e decidiram prolongar o projeto por mais três meses.

Outro programa que está com os dias contados é o Bolsa Família. Os repasses também deverão chegar ao fim em outubro. De acordo com informações do Ministério da Cidadania, o benefício deverá dar lugar ao Auxílio Brasil, que entra em cena a partir de novembro.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.