Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo estuda 13º do INSS, PIS/Pasep e novo saque emergencial do FGTS em 2021

Desde o ano passado, o governo federal estuda medidas para viabilizar uma série de benefícios para amenizar o impacto causado pela pandemia da Covid-19. Dentre as iniciativas que estão sendo previstas pelo governo, pode-se destacar:

  • Antecipação dos pagamentos de 13º de aposentados
  • Antecipação do abono salarial
  • Saque emergencial do FGTS

Além dessas, a União está cogitando integrar outras estratégias que estavam previstas para serem lançadas em 2020. São elas:

  • Adiamento da cobrança de tributos
  • Programa que permite suspensão de contrato e corte de jornada e salário de trabalhadores, com compensação financeira parcial pelo governo.

Na sequência acompanhe as discussões sobre as medidas que estão mais próximos de serem lançadas:

13º salário do INSS e abono salarial

Entre as discussões sobre as medidas que o governo pretende tomar, a antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS e a antecipação do PIS/Pasep estão em alta.

O governo previa liberar a antecipação ainda neste mês, porém, sem o aval do Orçamento Federal pelo Congresso Nacional, os gastos tornam-se limitados, sendo inviáveis os pagamentos das medidas.

No entanto, a pretensão atual é que a folha de Orçamento seja aprovada no próximo em março, direcionando o abono salarial e 13º salário somente para março e abril.

FGTS Emergencial

A ideia do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) está sendo discutida desde o ano passado. A liberação do saque emergencial do FGTS relaciona-se com o limite de recursos que permite a distribuição de uma nova rodada de pagamentos. De certo que essa medida não utilizaria recursos fora do Orçamento Federal.

É válido lembrar que o valor disponibilizado para o saque corresponde à quantia do salário mínimo que está em vigência. No ano passado o valor liberado foi R$ 1.045, de acordo com o salário, este ano, se aprovado o valor será de R$ 1.100, respectivamente o salário mínimo atual.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Daniele Machado da Costa Diz

    Boa noite
    Eu recebi o PIS referente ao ano de 2019, porém quando coloco no caixa trabalhador , da que recebi ok antecipado de 2020, do qual eu não recebi , pois recebi o valor de 1045 e não 1100.00

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.