Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.3/5 - (17 votes)

Governo BOLSONARO pressiona CAIXA por AUXÍLIO DE R$ 600

De acordo com colunista, Governo já pressiona a Caixa Econômica para preparar novo Auxílio Brasil no valor de R$ 600

Oficialmente, o Auxílio Brasil no valor de R$ 600 ainda não existe. O texto da PEC que prevê o aumento no patamar do programa ainda está em tramitação no Congresso Nacional. No entanto, mesmo sem uma confirmação da aprovação, o Governo Federal já estaria pressionando a Caixa Econômica Federal para deixar tudo pronto para os novos repasses.

É o que diz uma coluna da jornalista Ana Flor, da GloboNews. Segundo a colunista, a pressão pelo aumento do valor do benefício já caiu sobre as costas da nova presidente da instituição, Daniella Marques. Ela assumiu o lugar de Pedro Guimarães, que deixou o cargo recentemente após acusações de assédio moral e sexual.

Em tese, a Caixa Econômica Federal é uma peça importante no quebra-cabeça dos pagamentos do benefício. O banco é responsável pelos repasses do benefício social para os trabalhadores que fazem parte do programa. Não será diferente em caso de aumento. A instituição continuará tendo a responsabilidade dos depósitos.

A avaliação do Governo Federal é de que o banco precisa se preparar, porque assim que o texto for aprovado no Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, as pessoas já poderiam começar a receber o benefício com o aumento. A ordem, ainda de acordo com a coluna, é repassar o projeto reajustado o quanto antes.

Quem poderá receber?

Segundo informações do Ministério da Cidadania, as regras de entrada para o Auxílio Brasil seguirão basicamente as mesmas, mesmo em um cenário de aprovação da PEC em questão. Nesse sentido, nada mudará.

Para ter direito ao Auxílio Brasil, é necessário ter uma conta ativa e atualizada no Cadúnico. Quem está com as informações desatualizadas, pode resolver a situação em um local indicado pela prefeitura da sua cidade.

Além de fazer parte do Cadúnico, o cidadão precisa receber uma renda per capita que varia entre R$ 0 e R$ 105. São brasileiros que estão em situação de extrema-pobreza neste momento. Quem recebe entre R$ 106 e R$ 210 também tem direito.

Neste caso, o Governo considera que o cidadão está em situação de pobreza. Para este segundo grupo, é necessário também residir com uma gestante ou um menor de 21 anos de idade para poder receber o benefício.

Além do Auxílio Brasil

Além dos pagamentos do Auxílio Brasil, a Caixa Econômica Federal também ficará responsável por repassar os possíveis novos valores do vale-gás. A PEC que circula no Congresso prevê um aumento dos atuais R$ 53 para R$ 120.

O Governo também planeja criar um voucher de R$ 1 mil por mês entre os meses de agosto e dezembro para os caminhoneiros. Há ainda a indicação de novos gastos com repasses de benefícios para os taxistas neste momento.

A previsão é que o texto que aumenta o Auxílio Brasil para R$600 seja votado nesta terça-feira, 12 de julho, na Câmara dos Deputados. No Senado Federal, a PEC já foi aprovada.

De toda forma, o Governo indica que acredita na resolução da questão até final desta semana. Em caso de aprovação, o texto ainda precisaria ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro e regulamentado pelo Ministério da Cidadania.

4.3/5 - (17 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Tatiane Zeferino de Queiroz Diz

    Minha família

  2. Silas gonzaga dos santos Diz

    Rua santa verusa 85E largo do prachede

  3. Silas gonzaga dos santos Diz

    Na queli lindo aquisonhos na quela linda pele asonhar .na queli lindo geito asim ii beibe não da

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.