Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Giro de Estoque – Exemplo de Cálculo

Exemplificação de cálculo do giro de estoque

Na gestão de estoque é fundamental aplicar o indicador do giro de estoque, por isso trouxemos um exemplo para essa análise.

Sabemos a importância da gestão do estoque, uma vez que pode aumentar a lucratividade da empresa, bem como diminuir os custos. Ao passo que ainda corroboram metas de vendas. Por isso, é um indicador importante quando pensamos em gestão financeira e outras demandas fundamentais para o negócio.

Supondo que considere o período de um mês, é preciso saber qual foi o número de total de vendas do produto, bem como o volume médio do estoque. Assim poderá aplicar a fórmula:

Fórmula do Indicador 

A aplicação do giro de estoque é simples e eficaz, veja um exemplo.

Giro de Estoque (GE) = Total de vendas / Volume Médio do Estoque (VME)

Exemplificando que neste período de um mês a venda foi de 1000 produtos (sendo o produto analisado), o volume médio no estoque é de 500 unidades.

Ao aplicar a fórmula: Giro do Estoque  = 1000 / 500

Logo, o seu GE será de 2. Ou seja, o seu estoque girou duas vezes no mês referente ao produto analisado.

Base de renovação dos produtos

Com essa base de renovação poderá calcular os períodos em que o estoque teve mais ou menos giros, assim poderá verificar maneiras de manter o giro de estoque elevado, que é o ideal, haja vista que estoque parado significa dinheiro parado.

Importante aumentar o volume do giro de estoque

Após calcular o giro do estoque, é importante aumentar esse número. Por isso, pode realizar ações para viabilizar a rotatividade das mercadorias da sua empresa.

Assim sendo, o seu negócio terá aumento da lucratividade e minimização de perdas. Organização e alinhamento com outras áreas são importantes para aumentar o giro de estoque.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.