Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (3 votes)

Gestão de Estoque e Renovação na Empresa

Gestão de Estoque sua relevância na empresa

A gestão do estoque é um fator de extrema importância, por isso é importante que compreenda como se faz o cálculo do giro de estoque.

O giro de estoque é um indicador essencial para análise das finanças de uma empresa. Por isso, quando um negócio negligencia esse fator, alguns problemas podem ocorrer. Tais como:

Pouco produto e ausência de mercadoria direta para as vendas;

Excesso de produtos, o que gera perdas por prazos de validades, obsolência ou produtos substitutos no mercado, o que gera prejuízos.

Satisfação do cliente e redução de custos

Por isso, um estoque equilibrado é uma meta que deve ser alcançada. Quando uma empresa faz a gestão correta do seu estoque o cliente fica satisfeito, uma vez que sempre encontra o produto de sua preferência.

Ao passo que a empresa reduz custos com perdas de mercadorias. Assim sendo, a saúde financeira da empresa melhora e os controles ficam otimizados.

Renovação do Estoque e período de aplicação da fórmula

O cálculo do giro de estoque é uma forma bem simples, uma vez que conta com poucas variáveis. Assim sendo, a fórmula é de fácil aplicação, porém, antes do calculo deve avaliar o período considerado.

A fórmula do giro de estoque é a seguinte:

Giro de Estoque (GE) = Total de vendas / Volume Médio do Estoque (VME)

De forma sucinta, a fórmula calcula a frequência da renovação do estoque em período de tempo determinado no cálculo. O período deve ser o que mais se enquadra na sua gestão, de acordo com a sua necessidade. Podendo ser um mês, uma semana, um semestre, ou qualquer outro que faça sentido.

5/5 - (3 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.