Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

FGTS: trabalhadores nascidos em abril podem sacar até R$ 1 mil

A Caixa Econômica Federal, liberou hoje (11) o saque extraordinário para trabalhadores nascidos em abril. O saque extraordinário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), terá valor de até R$ 1.000,00 e será depositado na conta poupança digital, usada para o pagamento de benefícios sociais e previdenciários.

Os valores só podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem, no qual permite o pagamento de contas domésticas e a realização de compras virtuais em estabelecimentos não conveniados. O Caixa Tem também permite o saque do FGTS em caixas eletrônicos e a transferência para a conta de terceiros.

Calendário de pagamento do FGTS

De acordo com o Governo Federal, durante todo o pagamento, serão liberados cerca de R$ 30 bilhões para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores. A liberação vai até 15 de junho, e será realizada de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Veja a seguir o calendário de pagamento divulgado pelo Governo Federal:

Mês de nascimentoData do pagamento
Janeiro20/04
Fevereiro30/04
Março04/05
Abril11/05
Maio14/05
Junho18/05
Julho21/05
Agosto25/05
Setembro28/05
Outubro01/06
Novembro08/06
Dezembro15/06

 

O governo informou que todo o procedimento para pedir o saque extraordinário é realizado de forma totalmente online. Evitando que o trabalhador tenha que ir à agência da Caixa, bastando entrar no aplicativo oficial do FGTS, disponível para smartphones e tablets, e inserir os dados pedidos.

O trabalhador, no entanto, precisará ficar atento. A maioria receberá o dinheiro automaticamente, na conta poupança social digital da Caixa. Já em caso de dados incompletos que não permitam a abertura da conta digital, o trabalhador terá de pedir a liberação dos recursos. A Agência Brasil preparou matéria para explicar como fazer o saque extraordinário do FGTS.

O aplicativo também dá opção para o trabalhador pedir crédito em qualquer conta corrente ou poupança de qualquer banco. Mas a possibilidade só vale para quem aceitar fornecer documento oficial com foto, a fim de cadastrar a biometria.

Consulta e retirada

Deve-se lembrar que o trabalhador precisa se manter atento a retirada do dinheiro. Os recursos estarão disponíveis até 15 de dezembro e voltarão para a conta vinculada do FGTS depois dessa data, caso não sejam gastos, retirados ou transferidos para conta corrente. O dinheiro não movimentado será restituído ao FGTS, com correção pelo rendimento do Fundo de Garantia correspondente ao período em que ficou parado na poupança digital.

Para saber se receberá automaticamente o dinheiro ou se precisará pedir o saque, o trabalhador deve fazer uma consulta. O processo pode ser feito tanto no site  quanto no aplicativo FGTS. O site informa apenas a data da liberação e se o crédito será feito de forma automática.

Além disso, o aplicativo tem mais algumas funcionalidades, como a consulta aos valores, a atualização dos dados da poupança digital e o pedido para desfazer o crédito e manter o dinheiro na conta do FGTS.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.