Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Extensão do Auxílio Emergencial: Recém aprovados no Bolsa Família não receberão

A extensão do coronavoucher só vai contemplar os segurados do programa social que já estavam recebendo o benefício.

Novos beneficiários do Bolsa Família não terão direito as parcelas da prorrogação do auxílio emergencial. A extensão do coronavoucher só vai contemplar os segurados do programa social que já estavam recebendo o benefício. Sendo assim, os recém aprovados receberão por outros meios.

Em meio aos pagamentos do auxílio emergencial, cidadãos buscam ser aprovados no Bolsa Família. Aqueles que foram aprovados em junho, passarão a receber as mensalidades a partir de julho, porém sem acesso as novas parcelas do auxílio.

Pagamento do Bolsa Família para novos beneficiários

O Ministério da Cidadania já concluiu a folha orçamentária da extensão do auxílio emergencial, o que impossibilita a inclusão de mais beneficiários no programa, mesmo que sejam dependentes do Bolsa Família. Além disso, as regras de concessão determinam que para ser contemplado pelo auxílio, é preciso ter sido beneficiado em 2020.

Desta forma, quem entrar no programa social agora, terá um beneficiário conforme a faixa renda e composição familiar, de acordo com os projetos ofertados. Confira:

  • Benefício Básico: Famílias em situação de extrema pobreza – R$ 89 mensais;
  • Benefício Variável: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes de 0 a 15 anos – R$ 41 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205;
  • Benefício Variável Jovem: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos – R$ 48 por mês e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 96; e
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: Famílias em situação de extrema pobreza.

Calendário de pagamento do Bolsa Família

Para os novos beneficiários, contemplados em junho, passam a receber o benefício este mês. Já os que foram aprovados em julho, terão acesso as mensalidades a partir de agosto. Confira o calendário do Bolsa Família para o mês de julho:

Inscritos NIS4ª parcela
NIS de final 119 de julho
NIS de final 220 de julho
NIS de final 321 de julho
NIS de final 422 de julho
NIS de final 523 de julho
NIS de final 626 de julho
NIS de final 727 de julho
NIS de final 828 de julho
NIS de final 929 de julho
NIS de final 030 de julho

Veja também: Auxílio Emergencial: Ministério da Cidadania inclui 30.390 beneficiários

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.