Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Espaços verdes ajudam a aliviar a solidão em áreas urbanas, diz estudo

Pesquisadores dizem recursos naturais conectam as pessoas

Apesar de seus convites externos de infinitos potenciais e atividades sociais, ambientes urbanos densamente povoados muitas vezes vêm com o fenômeno oculto (e prejudicial) de crescente solidão.

De acordo com o Dr. Vivek Murthy, ex-Cirurgião Geral dos Estados Unidos que atuou no governo do presidente Barack Obama, a “epidemia de solidão” global é uma consequência esquecida da vida urbana que acarreta sérios riscos de redução do tempo de vida.

“Olhe ainda mais a fundo e você descobrirá que a solidão está associada a um risco maior de doenças cardíacas, depressão, ansiedade e demência”, disse ele ao Washington Post em 2017. “E se você olhar para o local de trabalho, também descobrirá que está associado a reduções no desempenho das tarefas. Isso limita a criatividade. Isso prejudica outros aspectos da função executiva, como a tomada de decisões. ”

Embora existam muitas maneiras de combater a solidão, como redesenhar a arquitetura urbana para ajudar a facilitar as interações sociais ou tornar mais fácil para as pessoas terem animais de estimação, um novo estudo também recomenda adicionar a natureza à mistura.

As descobertas, publicadas na revista Scientific Reports, seguem uma revisão das avaliações fornecidas por mais de 750 residentes do Reino Unido que se ofereceram para usar um aplicativo de smartphone personalizado por duas semanas. Os participantes foram consultados aleatoriamente três vezes por dia, durante as horas de vigília, usando uma técnica chamada de “avaliação ecológica momentânea”.

Além de questionamentos sobre superlotação e percepção de inclusão social, os voluntários foram questionados sobre seu entorno natural: “Você está vendo árvores agora?”; “Você consegue ver as plantas agora?”; “Você pode ver ou ouvir os pássaros agora?”; e “Você pode ver a água agora?” Sentimentos de “solidão momentânea” foram então classificados em uma escala de cinco pontos.

De acordo com as mais de 16.600 avaliações recebidas, ambientes superlotados aumentaram os sentimentos de solidão em impressionantes 38%, independentemente da idade, sexo, etnia, nível de educação ou ocupação.

Quando as pessoas puderam interagir com espaços verdes ou ouvir pássaros ou ver o céu, no entanto, a percepção da solidão caiu 28%. A inclusão social, definida pela equipe de pesquisa como se sentir bem-vindo por um grupo ou compartilhar valores semelhantes, também diminuiu a solidão em 21%.

“Se a solidão for diminuída pelo contato com a natureza, melhorar o acesso a espaços verdes e azuis de alta qualidade (como parques e rios) em áreas urbanas densas pode ajudar as pessoas a se sentirem menos solitárias”, escreve a equipe.

Essas descobertas parecem estar correlacionadas com pesquisas anteriores sobre os benefícios mentais de caminhar por áreas naturais, um fenômeno conhecido como “banho na floresta”.

Um estudo de 2020 publicado pelo Jornal Internacional de Pesquisa Ambiental e Saúde Pública descobriu que mergulhar na atmosfera de uma floresta diminui o estresse e promove o relaxamento.

Espaços verdes são ‘terapia’

O banho na floresta é projetado para invocar quase todos os sentidos: aromaterapia das plantas; os sons da floresta, o farfalhar das árvores, o chilrear dos pássaros ou a água correndo; estimulação visual da flora e fauna; e as sensações táteis do solo macio sob seus pés ou das folhas em suas mãos.

Combinadas, essas experiências funcionam para fornecer uma terapia de redução do estresse que melhora a saúde física, bem como o bem-estar psicológico. O ar da floresta é mais limpo do que os empreendimentos urbanos e as próprias árvores contêm fitoncidas, compostos orgânicos antimicrobianos derivados de plantas conhecidos por uma série de benefícios, incluindo o aumento das células imunológicas.

Embora a sustentabilidade aumentada e interligada em ambientes urbanos seja frequentemente vista como uma arma fundamental na luta contra a mudança climática, está claro que tais medidas também serão críticas para melhorar nosso próprio bem-estar e conter a sensação de isolamento.

E então, você é adepto dos espaços verdes? Esse conteúdo pode servir como base para redações e para muitas questões atuais. Leia também: 3 dicas para diminuir o estresse antes das avaliações 

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.