Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Entenda por que maiores de 60 anos não receberão novo Auxílio em São Paulo

De acordo com informações do Governo do estado de São Paulo, maiores de 60 anos não poderão receber novo Auxílio estadual

O Governo do Estado de São Paulo anunciou recentemente novidades sobre uma bolsa educacional que eles estão prestes a pagar. Uma informação acabou chamando muita atenção. É que quem tem mais de 59 anos de idade não vai poder receber o benefício em questão. Isso acabou levantando uma certa polêmica.

Acontece que o auxílio em questão vai, em geral, para alunos de escolas públicas estaduais de São Paulo. Recentemente, o Governo local decidiu estender esse benefício também para os pais de alunos que estão matriculados em algumas instituições de ensino do estado. E acontece que eles irão pedir algo em troca para esses responsáveis.

De acordo com as regras do programa, os pais que receberão o auxílio em questão terão que trabalhar nessas instituições. Não se trata de nada muito técnico. Eles terão apenas que ajudar na questão do combate ao coronavírus nessas escolas. E é justamente por isso que eles não irão aceitar pessoas com mais de 59 anos de idade.

Segundo as principais autoridades na área da saúde pública, qualquer indivíduo pode ser vítima do coronavírus. No entanto, sabe-se que os mais velhos é que possuem maiores chances de morte quando contraem a Covid-19. E é por isso que o Governo não vai selecionar pessoas que tenham mais de 59 anos.

A proibição, aliás, vale também para aqueles que possuem menos de 18 anos. Isso porque se entende que esses cidadãos não possuem o poder para serem responsáveis de alunos também. De acordo com o Governo do estado de São Paulo, esse auxílio deverá fazer pagamentos de R$ 500 durante seis meses.

Como funciona

Muita gente ainda não entendeu muito bem como funciona esse novo benefício educacional de São Paulo. De acordo com as informações do próprio Governo do estado, a ideia central é ajudar os alunos carentes neste momento de pandemia.

Segundo as informações oficiais, esses estudantes deverão receber esse dinheiro durante o período de seis meses. Em troca, eles terão que manter uma frequência escolar acima dos 80% por mês e ainda participar ativamente das atividades escolares.

Ainda nesta semana, o Governo de São Paulo anunciou a ampliação desse campo de beneficiários. A partir de agora o programa também serve para os pais de estudantes das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e das Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatecs)

Como se inscrever no Auxílio

Se o cidadão se enquadra em todas essas regras, então ele vai poder se inscrever no benefício. Para isso, ele vai ter que visitar o site oficial do programa Bolsa do Povo. É por aí que o indivíduo vai poder preencher o formulário e esperar pelo resultado. Ele tem até o próximo dia 12 de setembro para fazer isso.

Nesse mesmo site, o usuário vai poder ver se tem direito ao Vale-gás. Esse é o programa que o Governo do estado de São Paulo está pagando para ajudar as pessoas a comprarem os seus botijões neste momento da pandemia.

Também neste mesmo site, o usuário vai poder consultar informações sobre o SP Acolhe. Esse é o projeto que atende pessoas que estão em situação de vulnerabilidade e que perderam parentes próximos para a Covid-19.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.