Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ensino remoto: 5 dicas para melhorar os estudos em casa

Devido à crise mundial de saúde pública vivida neste século, muitos alunos foram levados a estudar de casa. Atualmente, o ensino remoto se tornou realidade para diversas pessoas e ainda é um desafio muito grande para alguns estudantes.

A pandemia acelerou o processo de transformação digital da educação. Então, em vários momentos da sua vida, você terá que estudar de casa apesar da preferência pelo presencial ou pelo online.

A partir de agora, você entenderá como melhorar seus estudos em casa. Além disso, conhecerá cinco dicas para ser mais produtivo no ensino remoto. 

Dicas para melhorar os estudos em casa

Antes de mais nada, é preciso alinhar as expectativas. O ensino remoto não é uma das tarefas mais fáceis do dia, afinal existem muitas distrações em casa que parecem conspirar contra esse desafio.

Conforme Paulo Freire afirmou no texto Considerações em torno do ato de estudar publicado em 1981: “Estudar é, realmente, um trabalho difícil. Exige de quem o faz uma postura crítica, sistemática. Exige uma disciplina intelectual que não se ganha a não ser praticando-a”.

Portanto, o ensino remoto precisa de prática, e, com isso, diversos problemas são apresentados. Como dito antes, a questão pessoal deve ser levada em conta nesse caso, já que não é possível mudar a rotina de casa nem fugir das obrigações diárias.

Pensando nisso, aqui estão cinco dicas para você melhorar seus estudos em casa e ser uma pessoa mais produtiva no ensino remoto.

1 – Crie um plano de estudos

Em primeiro lugar, você deve criar um plano de estudos e estabelecer horários fixos. Use um quadro branco ou uma agenda para montar o seu cronograma. Assim, em cada atividade, deixe um espaço de tempo a mais para eventuais mudanças.

Com isso, a visualização das tarefas a serem cumpridas, como provas, aulas, atividades e lazer, torna-se fácil. Além do mais, evita o risco de esquecer algum compromisso e precisar passar a noite estudando.

Cuide também da sua alimentação e, sobretudo, descanse. Por exemplo, comer em horas diferentes no cotidiano pode dificultar seu rendimento e prejudicar sua saúde. Além disso, o sono também está ligado diretamente à produtividade, então reserve e respeite seu tempo de descanso.

2 – Faça anotações 

Como parte essencial dos estudos, anotar é uma boa tática para fixar os conteúdos e ajudar a lembrar o que foi passado pelo professor. Você pode grifar palavras-chave com marca texto, criar abreviações ou registrar expressões que remetem a informações importantes.

Por mais que a aula fique disponível para consulta posterior, escrever os pontos mais importantes e as dúvidas que surgem é fundamental. Isso ajuda a relembrar os assuntos quando estiver em ensino remoto.

Com isso, você resume os assuntos com suas próprias palavras e a revisão dos conteúdos fica facilitada. Afinal, é mais simples encontrar o que você procura em páginas de suas próprias anotações do que em algumas horas de vídeo. 

3 – Fuja das distrações

É muito provável que, caso vá assistir a uma aula online, você precise de um computador ou celular. A partir disso, as distrações com esses aparelhos se tornam comuns. Ao nos darmos conta, passamos horas procrastinando na internet ao invés de estudar.

Então, desligue o celular, a televisão ou qualquer outro dispositivo que lhe tire a atenção. Caso isso não seja possível, coloque no modo avião e desative as notificações das redes sociais e dos mensageiros instantâneos. 

É normal que o foco oscile ao longo do período de estudos. Entretanto, o importante é não deixar que o fluxo se quebre por completo. Você precisa entrar no seu estado de flow, aquele momento em que ficamos tão imersos no que estamos fazendo que o tempo parece sumir. 

4 – Participe de um grupo de estudos

Caso você esteja com dificuldades em entender o conteúdo das aulas, busque montar alguns grupos de estudo entre seus próprios colegas de sala. Atualmente, também pode-se encontrar várias comunidades nas redes sociais interessadas no mesmo assunto.

Acima de tudo, você precisa praticar. Então, após encerrar seu estudo diário, faça resumos e escreva com o fluxo da sua consciência. Não se preocupe com lógica ou pontuação, redija o que vier à cabeça. O resultado disso pode servir como resumo antes das provas. 

5 – Mantenha o ambiente organizado

Por último, mas não menos importante, você precisa manter seu ambiente de estudos organizado. Procure um local tranquilo, com boa iluminação, pouco movimento e com pouco barulho.

Além disso, pegue todos os materiais que você precisará antes de se acomodar para estudar. Com isso, você conseguirá se concentrar e será mais produtivo ao longo do seu período de aprendizagem.

Curtiu o assunto? Deixe seu comentário. Confira também como se desenvolver sozinho e se tornar uma pessoa autodidata.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.