Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Variação dialetal do Enem: Questão comentada

A variação dialetal no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é comumente cobrada nas provas de língua portuguesa.

As variantes regionais são aquelas que se apresentam em relação ao local, ou seja, ocorrem em diferentes regiões geográficas (Nordeste, Sudeste,  Sul, por exemplo). O Brasil é extremamente rico em variantes justamente pela grande extensão do seu território e consequente multiplicidade cultural.

Nesse sentido, podemos exemplificar essa variação com o emprego de diferentes vocábulos para um mesmo objeto. Como é o caso do picolé artesanal produzido de forma caseira pelos brasileiros em pequenos sacos de plástico, que encontra em diferentes Estados variantes regionais para sua designação: geladinhosacoléflautinha, e gelinho, entre outros.

Contudo, essa variação pode afetar todos os níveis da línguas. Desse modo, tal assunto acaba sendo cobrado em vestibulares e também no Enem.

Variação dialetal no Enem

Veja abaixo uma questão de variação dialetal no Enem. E tente respondê-la e corrija a partir do comentário.

Questão:

BARROS, A. Óia eu aqui de novo. Disponível em: www. luizluagonzaga.mus.br. Acesso em: 5 maio 2013 (fragmento).

A letra da canção de Antônio de Barros manifesta aspectos do repertório linguístico e cultural do Brasil. O verso que singulariza uma forma característica do falar popular regional é

A) “Isso é um desaforo”
B) “Diz que eu tou aqui com alegria”
C) “Vou mostrar pr’esses cabras”
D) “Vai, chama Maria, chama Luzia”
E) “Vem cá morena linda, vestida de chita”

Resposta:

Ao responder a esta questão, o estudante deverá compreender o que faz parte da Língua Portuguesa em nível geral (nacional) para todos os falantes. Ou seja, deverá buscar nas alternativas a frase cujo emprego ou palavras não são comuns em todas as regiões do país.

Nesse sentido, a resposta da questão acima é a alternativa C, pois a palavra cabras não é empregada em todo o Brasil com o sentido de homem, mas sim para referir-se a um tipo de bovídeo.

O uso de cabra como está no texto é empregado apenas no Nordeste.

Quer saber mais?

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Então recomendamos artigo sobre Variação Linguística, além de texto sobre Preconceito Linguístico

Confira curiosidades sobre a realidade linguística do Brasil aqui.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?