Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Morfologia: Interjeição no Enem e em Vestibulares

A morfologia da Língua Portuguesa é comente cobrada nas questões de gramática do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), bem como em demais vestibulares e também em concursos, assim, entre os conhecimentos cobrados, pode figurar a interjeição.

As classes de palavras, também conhecidas como classes gramaticais são dez, ao todo. São elas: substantivo, artigo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunçãointerjeição, da qual trataremos abaixo.

Apesar do estudo da morfologia das língua ser amplo, no Enem e em vestibulares costuma ser cobrada apenas a classificação gramatical das palavras. Nesse sentido, é fundamental conhecer as classes de palavras.

A interjeição consiste em uma palavra ou um conjunto de palavras (locução) que têm por objetivo exprimir sentimentos, emoções e reações psicológicas de forma intensa. Nesse sentido, uma interjeição pode apresentar um apelo, ordem, ou estado de espírito, por exemplo.

A interjeição é uma palavra invariável, ou seja, não apresenta variação em gênero, número e grau. Além disso, costuma vir acompanhada de um sinal de exclamação (!) por se tratar de um recurso da linguagem afetiva.

São exemplos de interjeição: ufa!oba!que bom!droga!, ai de mim!, socorro!que nada!cruzes!oh céus! etc.

Interjeição no Enem e em vestibulares

A interjeição costuma ser cobrada em Enem e em vestibulares a partir da sua presença em textos, como tirinhas, trechos de histórias em quadrinho, textos literários ou informativos. Veja o exemplo abaixo:

Na quarta cena dos quadrinhos acima, a palavra legal, um adjetivo, é empregada como uma interjeição. Assim, a questão poderia solicitar sua classificação ou mesmo o seu significado no contexto.

Desse modo, podemos fazer a análise que de que, apesar de legal na sua etimologia ser relativo a lei jurídica, no contexto do quadrinho, a palavra é uma expressão de satisfação da criança, funcionando como interjeição. Assim como legal, a expressão oooba!!! é outro exemplo de interjeição no texto.

Nesse sentido, o significado da interjeição deve ser analisado de acordo com a entonação do falante e do contexto discursivo da fala. Mas, de modo geral, podemos separá-las de acordo com seu significado, como nos exemplos:

  • Ufa! Achei que ia perder o ônibus. (expressa alívio)
  • Oh céus! Obrigada pelo alimento diário. (expressa agradecimento)
  • Oh céus! Não aguento mais esse sofrimento, preciso de ajuda. (expressa súplica)
  • Nossa! Que homem grosseiro. (expressa insatisfação)
  • Nossa! Que bom ver você por aqui! Não sabia que viria hoje! (expressa surpresa)
Gostou deste texto? Deixe seu comentário.
Veja também Enem 2020: Dicas de aplicativos para corrigir sua redação.

Curiosidades: Principais mudanças no Enem ao longo dos anos

 

 

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?