Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como a endometriose pode afetar a vida das mulheres no trabalho?

endometriose pode afetar a vida das mulheres no trabalho a partir do momento em que os seus sintomas dolorosos e efeitos incapacitantes podem diminuir a produtividade e provocar o absenteísmo. Além disso, muitas mulheres podem não receber o diagnóstico adequado, tendo a vida profissional impactada sem realmente compreender o porquê.

Pensando nesse alarmante cenário, trouxemos algumas considerações sobre o tema. Se você conhece alguma mulher que apresenta os sintomas da endometriose, converse com ela e mostre este conteúdo, sempre orientando a pessoa a buscar auxílio médico.

Vamos lá!

Como a endometriose pode afetar a vida das mulheres no trabalho?

A endometriose pode afetar a vida das mulheres no trabalho, mesmo que de uma forma relativamente sutil. Isso porque a doença tem como características as dores pélvicas crônicas, os períodos menstruais extremamente desconfortáveis e as cólicas incapacitantes. Diante desses sintomas, a mulher pode perder a produtividade e até mesmo faltar ao trabalho, por não conseguir praticar suas atividades cotidianas estando diante da dor.

Conheça algumas das possíveis consequências da doença no dia a dia profissional da mulher:

1. Absenteísmo nos momentos de crise

Os momentos de crise, especialmente durante o período menstrual, podem resultar em uma cólica incapacitante. Isto é, a dor é tão intensa que a mulher não consegue começar ou concluir as suas atividades cotidianas. Consequentemente, a tendência é que ela possa faltar ao trabalho por não conseguir lidar com a dor – mesmo com medicamentos.

2. Diminuição da produtividade por conta das dores e desconfortos

No dia a dia geral, a mulher pode sofrer com a diminuição do desempenho e da produtividade no trabalho. Isso porque a endometriose pode afetar a vida das mulheres no trabalho a partir do momento em que causa desconfortos como inchaço, dores abdominais, desconforto geral, entre outros sintomas que podem chegar a ser bastante intensos.

3. Sensação de angústia e vergonha por ter medo de falar sobre as dores

Muitas vezes, as mulheres podem sentir vergonha de falar que estão no período menstrual e que as dores estão a incomodando. Com isso, a sensação de angústia e vergonha podem aparecer em algumas situações. Logo, a mulher pode passar a apresentar impactos em sua saúde mental.

4. Falta de apoio e compreensão das pessoas à sua volta

Nem sempre as pessoas têm acesso às informações referentes à endometriose. Com isso, os colegas da mulher que tem o diagnóstico, em algumas situações, podem fazer comentários negativos sobre a situação. É o caso de a mulher ser criticada porque faltou ao trabalho por conta da cólica.

Esse tipo de comportamento por parte dos colegas de trabalho pode elevar a vergonha que comentamos anteriormente. Dessa forma, o sofrimento físico e psicológico vai se tornando cada vez mais presente na vida da mulher.

Cólicas incapacitantes merecem atenção

Lembre-se de que as cólicas incapacitantes merecem atenção. Se você tem sentido os sintomas da endometriose, ou as suas dores menstruais estão lhe impossibilitando de trabalhar, não hesite na hora de conversar com o seu médico. Afinal, a endometriose pode afetar a vida das mulheres no trabalho!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.