Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Empréstimo na conta de energia elétrica: como funciona? É confiável?

O empréstimo na conta de energia elétrica é mais uma opção que as financeiras estão disponibilizando para os clientes. Para aqueles que estão na busca por um crédito seguro, bem como confiável no mercado, talvez seja interessante pesquisar mais a respeito.

Como funciona o empréstimo na conta de energia elétrica?

O empréstimo na conta de energia elétrica é ideal para quem não pode ou não gosta de efetuar pagamento através de outras formas de boleto ou débito automático. Contudo, é possível encontrar barreiras no produto financeiro por conta da burocracia dos bancos e demais instituições.

Desde o ano passado, a pandemia está contribuindo para que o Brasil se afunde em uma crise econômica mais intensa. Dessa forma, é normal os cidadãos buscarem por créditos no mercado, disparando as solicitações durante tal período.

Consumidores com diversos perfis econômicos procuram empréstimos a fim de amenizar os impactos financeiros causados pela crise. Mas, nem sempre isso é possível. Não são todos que conseguem obter o crédito através de uma instituição bancária, por exemplo.

Tendo isso em mente que um empréstimo na conta de elétrica foi criado. A modalidade para concessão de crédito está funcionando desde 2019, sendo vinculada, exatamente, na fatura mensal da luz, paga pelo cidadão em questão.

Como é o processo exatamente? É confiável?

Tal como o nome já diz, esse empréstimo significa que as prestações do crédito que foi contratado serão incluídas no que se paga mensalmente pela energia elétrica. Ou seja, vem junto com o valor mensal que é pago para a empresa que fornece a energia elétrica no Estado do consumidor.

Consumidores com diversos perfis econômicos procuram empréstimos a fim de amenizar os impactos financeiros causados pela crise
Consumidores com diversos perfis econômicos procuram empréstimos a fim de amenizar os impactos financeiros causados pela crise – Foto: Tab Energia

Por exemplo, imagine uma conta que, atualmente, venha no valor médio mensal de R$ 200,00. Ademais, a parcela do empréstimo contratado será de R$ 70,00. Assim, a fatura de energia será no total de R$ 270,00.

Essa modalidade de crédito, trata-se da opção lançada recentemente no mercado, mas que se mostra segura e confiável. No momento, várias empresas idôneas atuam com o método da concessão do crédito.

A segurança vem pela reputação da financeira no mercado. Esta deve ter todas as documentações para atuação no ramo, bem como um convênio junto a estatal que fornece energia elétrica.

Quais são as pessoas que podem contratar?

O empréstimo na conta de energia elétrica é tido como alternativa de crédito pessoal. Está destinado aos cidadãos que têm mais dificuldade para comprovar renda, mas até mesmo para obter os recursos neste mercado.

Assim sendo, até os consumidores negativados, os que estão inseridos dentro de uma significativa parcela da população do nosso país, podem conseguir o empréstimo. Sem contar com desempregados e mais uma gama de brasileiros sem condições financeiras para arcar com custos diários. Em média, as ofertas são de valores que ficam entre R$ 500,00 a R$ 2.500,00, tendo o prazo máximo de 18 meses para pagar.

Conquanto, para quem ainda está em dúvida sobre a confiabilidade das empresas que fornecem o crédito, abaixo segue uma lista das mais conhecidas no mercado. Estas possuem boa reputação:

  • Consiga Cred;
  • Porto Cred;
  • PlanCredi;
  • Finanzero;
  • Piki;
  • MetaSimples.

O empréstimo na conta de energia elétrica pode ser uma ótima opção para quem está no sufoco. Entretanto, é preciso precaução para não se afundar em mais dívidas ainda.

1 comentário
  1. Claudinei Xavier da Cruz Diz

    gostaria de fazer um empréstimo pela conta de luz

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.