Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Estudantes da UFPR participam de desafio internacional na área de turismo

A UFPR foi a única representante brasileira da Liga em 2020, que contou com 60 times de diversos países

 Um grupo de estudantes da área de Turismo representou a Universidade Federal do Paraná, UFPR, no desafio internacional UNWTO Students Leaghe, lançado pela Organização Mundial do Turismo (OMT). O evento apresentou quatro desafios alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

A UFPR foi a única representante brasileira da Liga em 2020, que contou com 60 times de diversos países entre eles China, Indonésia, Suíça, México e Argentina.

O grupo foi composto por 5 alunos da graduação e dois de mestrado. O grupo foi orientado por 2 coordenadores a professora Márcia Nakatani e o professor Carlos Eduardo Silveira, ambos do do Grupo de Pesquisa em Turismo, Educação, Emprego e Mercado (TEEM) do Programa de Pós-graduação em Turismo da UFPR. Os desafios ocorreram entre os meses de fevereiro e junho de 2020, sendo que a partir do segundo desafio os encontros foram feitos através de reuniões remotas devido ao isolamento social.

Desafios


A equipe da UFPR ficou na 25ª posição, tendo se destacado no primeiro desafio que teve como tema “Novas oportunidades para as comunidades locais”. O grupo tinha como objetivo criar um plano de trabalho para cinco pequenas vinícolas em uma cidade fictícia.

O segundo desafio, com reuniões remotas, envolveu a criação de uma sociedade mais inclusiva, com melhores oportunidades de trabalho para mulheres e jovens na indústria do turismo. Para isso, o grupo propôs a reformulação dos processos de seleção, desenvolvimento, estabilidade e cultura presentes numa organização que opera no mercado turístico.

Com os organizadores sensibilizados com a pandemia, o terceiro desafio teve como tema a recuperação pós-Covid-19, tendo a Espanha como exemplo. O grupo desenvolveu a ideia de criar uma base de dados, com 3 pilares que interligam o turismo, a saúde e a economia, baseados em Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), pensando na prevenção de futuras crises.

A competição encerrou com o desafio de criar um plano de trabalho para o Emirado de Sharjah, pensando no papel do turismo e no crescimento econômico sustentável. Para essa questão o time pensou nas tendências pós-Covid-19, criando um plano que integre as paisagens naturais do destino em contraponto à tecnologia de Dubai e ao turismo cultural que já está existe no destino.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?