Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Ebola: um resumo sobre a doença

Tudo aquilo que você precisa saber

Ebola: vai cair na sua prova!

O Ebola é uma doença provocada pelo vírus ebola e que atingiu diversos países do continente africano há poucos anos.

Dessa maneira, é muito provável que questões sobre essa enfermidade sejam cobradas nas questões de biologia ou de atualidades dos vestibulares e da prova do ENEM.

Ebola: introdução

O Ebola, também conhecido como febre hemorrágica ebola, é uma doença de grave que leva ao óbito aproximadamente 90% dos doentes.

A enfermidade pode atingir humanos e primatas, sendo mais grave nos primeiros.

Ebola: contexto histórico

O Ebola foi detectado no ano de 1976, nas regiões do Congo e do Sudão, países que fazem parte do continente africano.

Um dos maiores surtos de Ebola aconteceu na região oeste do continente africano entre os anos de 2014 e 2016. Cerca de 10 mil pessoas perderam as suas vidas vítimas dessa doença.

Atualmente, a doença ainda existe em alguns lugares, principalmente em países da África. Porém, o Ebola não é mais considerado uma epidemia ou uma pandemia.

Ebola: transmissão

A enfermidade é transmitida por vírus e cientistas acreditam que o contágio em seres humanos tenha acontecido após o contato de grupos com fluidos corporais de animais portadores da doença.

Além da transmissão por sangue e fluidos de animais e humanos contaminados, o contato com objetos e superfícies infectadas também pode provocar a transmissão.

Porém, devemos destacar que o Ebola não pode ser transmitido por meio do ar ou por meio do suor, o que limita a sua velocidade de expansão.

Ebola: sintomas

O Ebola provoca, normalmente, sintomas muito próximos ao de uma gripe comum. Porém, a doença evolui de forma progressiva e, com isso, as manifestações no corpo também se tornam mais graves.

Dentre os principais sintomas da enfermidade, podemos citar:

  • Dor de cabeça
  • Hemorragias
  • Diarreia
  • Fraqueza
  • Dor no abdômen
  • Dor de garganta
  • Falta de apetite
  • Cansaço
  • Dor nas articulações

Ainda, devemos ressaltar que os contaminados com a doença se tornam transmissores apenas após o surgimento dos sintomas.

Ebola: prevenção

Dentre as principais medidas que podem ajudar na prevenção do Ebola, podemos citar:

  • Evitar o contato com cadáveres de pessoas infectados pela doença
  • Evitar contato com fluidos corporais ou com a pele de uma pessoa doente e
  • Não viajar para lugares com suspeita de casos de Ebola
  • Cozinhar muito bem os produtos de origem animal antes de ingeri-los

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.