Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Domingo Sangrento: o massacre em São Petersburgo 

Confira todos os detalhes sobre o evento!

Domingo Sangrento: um resumo sobre o acontecimento

O termo “Domingo Sangrento” se refere a um massacre que aconteceu na cidade russa de São Petersburgo, no ano de 1905.

O tópico é muito abordado por questões de história geral, principalmente em relação a outros aspectos de seu contexto histórico. 

Dessa forma, é fundamental que você domine as principais características desse evento. 

Domingo Sangrento: introdução

O Domingo Sangrento foi um evento que aconteceu no dia 22 de janeiro do ano de 1905.

Na ocasião, a população protestava de maneira pacífica em frente ao Palácio de Inverno da cidade de São Petersburgo. Os manifestantes pediam melhores condições de vida e mais oportunidades de trabalho. 

Porém, as tropas czaristas, ou seja, que operavam em nome do czar Nicolau II, reagiram de maneira extremamente violenta, provocando um verdadeiro massacre. 

Domingo Sangrento: contexto histórico

Na época em que o massacre ocorreu, a Rússia era governada pelo czar Nicolau II, da dinastia Romanov. O regime czarista era caracterizado pelo autoritarismo e o absolutismo do czar, que governava com plenos poderes.

Porém, o país não progredia bem. Os trabalhadores eram os principais prejudicados: as condições de trabalho eram péssimas, existiam poucas oportunidades e os salários eram extremamente baixos. Ao mesmo tempo, as tropas de Nicolau II enfrentavam uma guerra contra o Japão, o que agravava a situação dos cofres públicos. 

Ainda, deve-se destacar que a Rússia do início do século XX vivia com resquícios feudais: o país ainda não havia se industrializado e a economia se baseava em uma produção agrícola em pequena escala.

Domingo Sangrento: consequências

A reação das tropas do czar marcou a mente da população russa. Isso porque, o uso da violência foi extremamente desnecessário, uma vez que a manifestação acontecia de forma totalmente pacífica.

Depois desse acontecimento, Nicolau II passou a ser visto como um inimigo da população e a sua reputação, que já estava ruim, piorou ainda mais. 

O Domingo Sangrento acabou funcionando como o estopim da insatisfação popular. A partir desse evento, dezenas de manifestações passaram a eclodir em todo o país. Historiadores afirmam que o Domingo Sangrento colaborou para o acontecimento da Revolução Russa, no ano de 1917.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.