Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

INSS: Você pode ANTECIPAR auxílio de R$600 DESTA forma

A antecipação será feita no valor de R$600 durante três meses e vale para que está aguardando pela concessão do benefício.

O Governo Federal, através do Ministério da Cidadania e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), autorizou que o INSS antecipe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago aos idosos e pessoas com deficiência.

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um benefício assistencial, pago pelo INSS, previsto na Lei Orgânica da Assistência Social.

A antecipação será feita no valor de R$600 durante três meses e vale para que está aguardando pela concessão do benefício.

De acordo com o diretor do Departamento de Benefícios Assistenciais do Ministério da Cidadania, André Veras, a portaria antecipa o pagamento de R$600 para quem está na fila para receber o BPC.

No entanto, vale destacar que para ter o valor antecipado, o cidadão deve seguir algumas regras, como por exemplo, ter renda familiar per capita de no máximo um quarto do salário mínimo, o equivalente a R$261,25.

Além disso, o requerente deve ser inscrito no CadÚnico do Governo Federal e deve possuir CPF.

Como é possível receber o dinheiro?

De acordo com a portaria do Ministério da Cidadania, para receber a antecipação do benefício, é necessário que o requerente esteja cadastrado no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais), do governo federal, e ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa.

Como o pagamento dos R$ 600 será feito antes de a pessoa ser aceita no BPC, o valor antecipado será descontado dos pagamentos após o pedido ser aprovado.

Segundo a portaria, caso o requerente tenha o pedido negado após ter recebido a antecipação, não será necessário fazer a devolução do dinheiro, exceto se for comprovada má-fé do solicitante.

Dados da antecipação

Até o momento, o INSS já analisou um total de 177.558 pedidos para serem antecipados. Desse total, 127.792 já podem sacar seu primeiro pagamento na instituição bancária responsável, o Banco do Brasil.

Há, ainda, 20.207 pedidos que já estão processados e prontos para pagamento. No entanto, esse montante vai ser pago na folha de pagamento juntamente com os demais benefícios pagos pelo INSS, conforme o calendário.

Por fim, 30 mil pedidos ainda precisam passar por regularização do cadastro.

Novo limite de renda do BPC

Anteriormente, na lei de 1993, a renda média por pessoa de uma família não poderia ultrapassar um quarto (1/4) do salário mínimo, para requisição do benefício BPC-LOAS pelo INSS. Agora, o limite aumentou para metade (1/2) do salário mínimo.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

Requisitos para ter direito ao benefício

  • Ainda é exigida a comprovação da idade mínima de 65 anos (homens ou mulheres) para ter direito ao benefício
  • Para quem tem alguma incapacidade de longa duração, a idade mínima é dispensada

Vale lembrar que a lei exige apenas um desses dois requisitos citados, ou seja, não é preciso ter os dois para poder ter o benefício BPC-LOAS.

Baixa renda e inscrição no Cadúnico

  • Antes, o beneficiário precisava comprovar que a média da renda familiar era inferior a R$ 261,25 (por pessoa). Agora, pode ter o benefício quem tem renda familiar inferior a R$ 522,50 (por pessoa).
  • É exigido que a pessoa tenha inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), mas esta exigência, durante a pandemia do coronavírus, está dispensada.

Veja também: INSS prorroga automaticamente os salários DESTES benefícios durante pandemia

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?