Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.4/5 - (10 votes)

Dinheiro esquecido PIS/PASEP: Trabalhadores podem ter valores a receber

Os dados apontam que 28 milhões de pessoas sendo elas 26 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de pessoas jurídicas têm direito a um montante acumulado em mais de R$ 27 bilhões.

Desde o anúncio feito pelo Banco Central (BC) relacionado aos valores esquecidos em bancos e instituições financeiras brasileiras, muitos cidadãos estão buscando verificar se possuem algum dinheiro a receber.

Os dados apontam que 28 milhões de pessoas sendo elas 26 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de pessoas jurídicas têm direito a um montante acumulado em mais de R$ 27 bilhões.

Veja também: Fim da multa de 40% do FGTS e seguro-desemprego em 2022

No caso dos trabalhadores que atuam ou já atuaram de carteira assinada, podem ter valores a receber do PIS/Pasep, sendo por meio das cotas o do abono atrasado de 2019.

Cotas do PIS/Pasep

As cotas do PIS/Pasep é um benefício único concedido aos trabalhadores que possuíram carteira assinada entre 1971 e outubro de 1988. A expectativa é que mais de 10 milhões de titulares sejam atendidos com um montante de R$ 23 bilhões.

No caso em que o beneficiário já tenha falecido, o direito é estendido aos seus herdeiros ou dependentes. Neste sentido, o resgate por parte do trabalhador deve ser realizado em uma agência da Caixa Econômica Federal com documento de identificação original.

Já os seus herdeiros ou dependentes, deverão apresentar uma documentação que comprove as condições alegadas. Vale ressaltar que as cotas estarão disponíveis para saque até o dia 1º de junho de 2025.

Abono salarial PIS/Pasep de 2019

O Ministério do Trabalho e da Previdência anunciou que mais de 154 mil trabalhadores não retiraram o abono salarial referente ao ano-base 2019. O montante acumulado em R$ 208,5 milhões estará novamente disponível para saque após o dia 31 de março.

O benefício poderá ser sacado por quem trabalhou ao menos 30 dias em 2019 e não retirou o valor em 2020. Lembrando que ainda é necessário cumprir as outras regras estabelecidas pelo governo, como:

  • Ter recebido uma remuneração média de até dois salários mínimos do ano de 2019;
  • Ter os dados atualizados no RAIS;
  • Ter se inscrito no PIS/Pasep há no mínimo 5 anos.

Para consultar mais informações, o trabalhador pode entrar em contato com a central Alô Trabalhador pelo número 158, ou ainda pelo aplicativo CTPS Digital, disponível para Android e iOS.

Também é possível enviar o pedido por e-mail. Neste caso, no lugar das letras “uf” o cidadão deve substituir pela sigla do estado em que reside.

3.4/5 - (10 votes)
6 Comentários
  1. Liuba Diz

    Boa noite! Como devo proceder no caso Pasep não cadastrado meu Direito quero receber.

  2. Rosana Diz

    Como faz isso a onde está email pra poder ver se tem direito ou não como faz
    Obrigado

  3. DIANA Diz

    Eu trbalho dês de 2005 e fui ver meu pis nao tenho direito ,indignada.

  4. Roger Diz

    meu pai chegou lá na caixa, e o atendente da caixa disse que não tinha nada. ele trabalhou nesse período. de 1971 a 1988. era prá aparecer no site. ele tem cadastro no site da caixa. número do pis e tudo. era o certo a caixa depositar , e que ficasse a mostra do trabalhador. como o valor do pis ou pasep. essa cota ninguém da caixa quer mostrar. vergonha!

  5. ilza Barbosa dos Santos Diz

    como posso entrar INSS

  6. Hilario.rauber Diz

    Eu.tinha.FGTS.nao.sei.se.tem.aida.poque.eu.vou.no.Banco.eles.dis.que.nao.tem.nada

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.