Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (33 votes)

Dinheiro esquecido: 1,6 milhão de pessoas receberão valores na 2ª fase

A previsão é que R$ 4 bilhões sejam devolvidos a cerca de 1,6 milhão de pessoas e empresas.

A segunda fase do Sistema de Valores a Receber do Banco Central (BC), prevista para começar na próxima segunda (2), foi adiada. O motivo não foi informado.

A expectativa é que novas informações sejam divulgadas oficialmente no decorrer desta semana. A previsão é que R$ 4 bilhões sejam devolvidos a cerca de 1,6 milhão de pessoas e empresas.

O BC argumentou que a greve dos servidores que terminou ainda na última semana atrasou o cronograma de atividades. O objetivo inicial era fazer com que os trabalhadores pudessem aplicar as melhorias no sistema antes do início da segunda fase das consultas. Com a paralisação, isso não pôde acontecer de fato.

Novos valores entrarão no sistema, além dos cotadas na primeira fase. Confira a seguir a origem do dinheiro esquecido que poderá ser consultado a partir da semana que vem:

  • Tarifas que foram cobradas de forma indevida, previstas ou não em contratos e termos do BC;
  • Parcelas ou obrigações que são relacionadas às operações de crédito cobradas de forma indevida, e também não previstas anteriormente por meio de contratos e termos;
  • Contas de pagamento poupanças ou correntes que foram encerradas com saldo disponível;
  • Contas que foram mantidas por distribuidoras de títulos e corretoras ou valores mobiliários encerrados, que possuem saldo disponível;
  • Entidades que possuem liquidação extrajudicial;
  • Fundo Garantidor de Créditos;
  • Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito.

No início das devoluções, a pessoa física ou o proprietário da empresa só podiam verificar os valores esquecidos referentes a contas corrente ou poupanças encerradas com saldo disponível, recursos não retirados de grupos de consórcio encerrados e cotas de capital ligadas a cooperativas de crédito.

Consulta e saque dos valores esquecidos

Uma novidade vai facilitar a vida dos brasileiros nessa segunda fase. Não será mais necessário agendar uma nova consulta para verificar o total dos valores a serem sacados. Portanto, a partir do momento em que o cidadão fizer a primeira consulta para descobrir se possui dinheiro esquecido poderá resgatar a quantia.

Para ter acesso aos valores, basta informar o CPF ou CNPJ, a data de nascimento ou de criação da empresa, e a senha cadastrada no portal gov.br. A instituição financeira terá até 12 das úteis para enviar o dinheiro via Pix. Caso essa opção não seja oferecida, será necessário entrar em contato com o banco em um dos canais informados para solicitação.

4/5 - (33 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

10 Comentários
  1. María de Lourdes Câmara Diz

    Quero saber se tenho dinheiro pra receber no banco central de imprestimo consignado e como posso fazer

  2. María de Lourdes Câmara Diz

    Quero saber se tenho dinheiro pra receber no banco central de imprestimo consignado

  3. Francisco Sérgio Rodrigues Santos Diz

    Como é que eu faço pra saber se tenho dinheiro esquecido

  4. Wagner Diz

    O meu apareceu que eu tenho dinheiro disponível, porém ao clicar para ver o saldo e resgatar aparece que meu cnpj não está vinculado na conta gov., o que eu faço???

  5. Marcia Diz

    Como solicitar?
    É possível enviar um link?

  6. Vanessa Diz

    Até agora meu dinheiro não caiu, já tem quase 1 mes que solicitei o saque via pix, e lá dizia com até 12 dias já estava na conta.

  7. Sheila Diz

    Até agora meu dinheiro não caiu, já tem quase dois meses que solicitei o saque via pix.

  8. Osvaldo AP pupio Diz

    Deus abençoe sempre sua vida seu trabalho

  9. Rosângela Martins Bernardes Diz

    Por favor mim esplica como funciona eu tenho que pagar alguma coisa?

  10. Fabio Pedro da Costa Maquiné Diz

    Eu quero saber se eu tenho dinheiro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.