Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Precisa atualizar o currículo? Veja como fazê-lo em 3 passos

Manter documento atualizado é essencial para conquistar uma vaga

Está em busca de trabalho e ainda não atualizou o seu currículo? Pois saiba que manter documento atualizado é essencial para conquistar uma vaga.

Inserir experiências recentes e relevantes, novos cursos, entre outros itens são passos importantes na sua carreira e para dar um up em seu currículo.

Muitas as empresas utilizam ferramentas de Recrutamento & Seleção e a atualização recente do currículo é um dos principais critérios.

E se você passou os últimos seis ou sete meses, sem editar uma vírgula sequer, pode ficar fora da triagem, perdendo muitas oportunidades por essa falta de atenção.

Diferentemente dos impressos, nos currículos online, quanto mais informações você colocar, maiores serão suas chances. Então é preciso caprichar e tornar a atualização uma rotina.

Confira algumas dicas para atualizar o CV e vá bem nos processos seletivos.

Como atualizar o currículo em 3 passos

Deixe o seu currículo mais eficiente, garantindo que a mensagem que quer passar esteja clara para quem ler. Além disso, é essencial valorizar sua trajetória.

Veja como fazer tudo isso da melhor forma nos três tópicos a seguir.

1. Seja objetivo

O campo objetivo profissional dos currículos eletrônicos certamente é um dos mais importantes na triagem. É a partir do cargo e da função, que os “robôs” de triagem vão “levar” seu currículo até os recrutadores que estão trabalhando na vaga.

Algumas pessoas colocam frases como “ser feliz”, “crescer na empresa”, “engajamento”, mas sem saber que com isso estão diminuindo a chance de concorrer a uma oportunidade de emprego.

Seja objetivo e consistente, como seu objetivo de forma direta, como  “Auxiliar administrativo, recepcionista”, por exemplo.

E nunca coloque no mesmo campo objetivos como “advogado, dogwalker”, que são funções totalmente diferentes, que não se relacionam.

2. Valorize sua experiência

Muitas pessoas que ainda não tiveram seu primeiro emprego formal com carteira assinada, ou possuem pouca experiência, dizem não ter o que colocar no currículo. Mas experiências profissionais, mesmo que informais em período de férias, por exemplo, nunca deixam de ser uma experiência relevante.

Bolsistas de iniciação científica, participação em empresas juniores na faculdade, participação em ações voluntárias são requisitos que muito agradam as empresas. Eles também demonstram boa iniciativa, proatividade e bom relacionamento para trabalhos em equipes.

3. Insira seu resumo profissional de maneira clara

Chame a atenção do recrutador usando seu resumo profissional, já que ele dará uma boa ideia do que será visto ao longo do seu currículo.

Destaque suas experiências mais relevantes, seu conhecimento específico na área em que quer trabalhar, como você é no ambiente de trabalho (por exemplo: ser ativo e gostar de buscar soluções práticas para resolver problemas).

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?