Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concursos: Supere as frustrações e não desista dos seus objetivos


Todo mundo sabe que a vida de concurseiro não é nada fácil, até mesmo porque é muito tempo de dedicação e muitas renúncias, para um retorno que pode demorar muito para acontecer. E isso naturalmente vai desanimando qualquer candidato.

Normalmente, essa desmotivação pode vim por muitos lados desde a pressão e as comparações feitas pelos familiares e amigos e até de nós mesmos, que começamos a cansar físico e mentalmente.

Mas, infelizmente, essas provações são necessárias e, um concurseiro de verdade sabe que uma trajetória de sucesso é feita com a superação de muitos percalços, sendo que a reprovação em vários concursos antes de ser finalmente aprovado, é só um deles.

Para tentar superar esse desânimo que bate após uma reprovação, lembre-se sempre que concurso não se faz para passar, mas sim até passar, dessa forma, foque em seus objetivos e pense que não é só você que está nessa situação, diversos outros candidatos também foram reprovados e continuarão sendo.

Veja também: Como estudar para concursos públicos antes da publicação do edital? Confira!

Às vezes o quase chegar lá, causa mais frustração do que a própria reprovação, já que não é nada fácil ver a vaga escapar por causa de uma ou duas questões erradas. Mas, isso também faz parte do jogo e, para lidar com esse tipo de situações, sempre pense que o concurso é uma forma de você também melhorar e cada prova feita, e que não é bem sucedida, serve de aprendizagem para a próxima, é como se diz: “você deve aprender com os seus erros”. Você sabe quais são os 5 Erros de Português mais cometidos em Concursos Públicos?

topapostilas.com.br

Há ainda, questões que não dependem somente do candidato, mas mesmo assim o desmotiva. São situações quando finalmente você consegue entrar na lista de aprovados, mas não há garantia nenhuma de quanto tempo vai demorar em lhe chamar ou o que é pior, se vão convocar.  Ou ainda, quando passa mais de um ano se preparando para um concurso e ele é cancelado ou suspenso por tempo indeterminado.

Apesar de serem situações decepcionantes, não há que você possa fazer para alterar essas circunstâncias.  Então, simplesmente esqueça, desvie o foco desses concursos e se concentre em outros que estão abertos ou que irão abrir inscrição. Mas, para tentar sofrer um pouco menos com essas esperas, tenha em mente, que ao ingressar nesta jornada de concursos públicos não há um prazo definido para se encerrar e esse sempre é um processo longo, assim, você fica menos ansioso para obter um resultado imediato.

Qual é a hora de reavaliar os seus objetivos e metas?

Ter um objetivo definido – como passar em concurso de ponta – pode ser o motivador para sair da cama e continuar a trabalhar por esse plano.

No entanto, algumas vezes a busca pelos nossos objetivos, ultrapassa alguns limites e ao invés da satisfação, começa-se ter um sentimento de decepção constante, podendo até mesmo virar uma depressão mais grave e mais profunda.

Nesse momento, é a hora que devemos nos avaliar e balancear os nossos objetivos com o que realmente vai te realizar como pessoa e te fazer feliz de fato, se o resultado for negativo – talvez realmente, seja hora recomeçar.

Desistir realmente não é fácil, mas também nunca é vergonha mudar de planos e recomeçar, porém, isso somente você pode decidir.

Veja também: Benefícios do Ômega 3 podem ajudar concurseiros na jornada de estudos! Confira!

Leia Também:

top planilha

Comentários estão fechados.