Concurso Correios: como serão as provas? Projeto revela detalhes

Concurso Correios: como serão as provas? Projeto revela detalhes

Correios terá vagas para nível médio e superior.

Novo concurso Correios está recebendo propostas para escolha da banca.

A cada dia uma novidade diferente surge sobre o novo concurso Correios. Desta vez é a estrutura das provas que foi detalhada.

De acordo com o projeto básico, que antecede o edital, o concurso será composto por prova objetiva e discursiva (primeira etapa), seguida por avaliação médica para candidatos PcD’s e Procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração dos candidatos negros (pretos ou pardos).

O Teste de Aptidão Física (TAF) não será cobrado desta vez, ao menos o que indica o projeto base. No último edital, entretanto, o TAF foi exigido.

Quanto a estrutura da prova objetiva, o projeto detalha que serão 60 questões de múltipla escolha para o cargo de nível médio e 80 questões para nível superior.

Já a prova discursiva será uma redação com tema a ser elaborado tendo como base o conteúdo proposto no edital.

Correios está definindo a banca

O processo de contratação para escolha da banca do concurso Correios já foi iniciado.

Para isso, a estatal está recebendo propostas das empresas que desejam coordenar o processo. As interessadas têm até dez dias para enviar as propostas e as declarações que comprovem a regularidade e habilitação técnica.

Clique aqui para conferir o documento.

As propostas serão abertas no dia 08 de maio.

Correios terá vagas para nível médio e superior

Recentemente o Correios revelou quais serão os cargos que serão contemplados neste novo concurso.

Serão oferecidas vagas para níveis médio e superior, divididas em dois editais, um para cada nível de escolaridade.

As vagas de nível superior serão para a carreira de Analista de Correios, ainda sem quantitativo definido.

Ainda não foram definidas as áreas para o cargo, mas o próprio Correios informou que a previsão é que sejam contemplados profissionais das áreas do direito, engenharia, assistência social e analista de sistemas.

O salário inicial previsto para o cargo de nível superior é de R$ 6.583,54.

Ao final da carreira, os salários podem chegar a R$ 26.013,50.

Veja a seguir quais as atribuições do cargo:

Analista de Correios

  • Atribuições: Aplicar conhecimentos técnicos de sua especialidade, visando à otimização dos resultados e aprimoramento dos padrões de trabalho de sua área de atuação para melhoria dos processos e alcance dos objetivos organizacionais e a excelência do negócio da ECT.
  • Requisitos: Nível superior com habilitação legal para a profissão, com registro de classe.

Quais as carreiras de nível médio?

De acordo com publicação nas redes sociais, as vagas de nível médio são para o cargo de Agente de Correios.

O número de vagas, no entanto, ainda está em definição.

Veja a seguir as principais atribuições do cargo:

Agente dos Correios

  • Atribuições: Executar as atribuições pertinentes aos serviços das áreas operacional, comercial e de suporte, de acordo com a atividade na qual o empregado estiver enquadrado, contribuindo para viabilizar o negócio postal da Empresa.
  • Requisitos: Nível médio.

O salário inicial para o cargo é de R$ 2.429,25, mas ao final da carreira, os salários podem chegar a R$ 11.934,73.

Correios terá vagas para nível médio e superior.
Correios terá vagas para nível médio e superior. Imagem: Divulgação

Benefícios Correios

Além do salário, o aprovado ainda tem direito aos seguintes benefícios:

  • Participação nos lucros
  • Adicional por Atividade de Distribuição e/ou Coleta
  • Carteiros: 30% sobre o salário base
  • Motoristas: R$ 579,94
  • Atendentes: R$ 144,99
  • Adicional de Atendimento em Guichê em Agências dos Correios: R$ 312,26
  • Adicional de Atividade de Tratamento: R$ 207,75
  • Auxílio Alimentação
  • Auxílio Creche
  • Auxílio Transporte
  • Promoção por mérito, antiguidade ou por mudança de atividade
  • Adicional por função

Cronograma Concurso Correios

O cronograma com os prazos previstos para o edital já foi publicado.

Segundo o documento, o concurso será publicado no mês de setembro com previsão de contratação em dezembro de 2024.

O cronograma conta com os seguintes prazos:

  • Março a julho – Planejamento do certame e processo licitatório para contratação da empresa especializada;
  • Agosto – Contratação da banca;
  • Setembro – Edital do concurso;
  • Dezembro – Início das contratações.

A expectativa é que as provas aconteçam entre outubro e novembro.

Em comunicado à imprensa, o Correios afirmou que trabalha para reduzir os prazos previstos, sendo assim, é possível que as datas sejam atualizadas e antecipadas.

Comissão já está formada

No dia 28 de fevereiro foi formada a comissão organizadora do certame.

O grupo será responsável por definir o quantitativo de vagas, cargos, além de dar inicio ao processo de escolha da banca.

A formação da comissão foi, inclusive, antecipada, uma vez que a própria diretoria da empresa havia comunicado que a comissão seria formada apenas no mês de março.

“A recuperação da empresa passa pela recuperação da dignidade e pela valorização das pessoas que trabalham nos Correios, sem perder de vista a sustentabilidade da estatal. A contratação de pessoas é uma medida essencial para que a empresa possa corresponder às novas demandas da sociedade e do mercado”, informou em nota o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos.

Banca para edital na área de segurança do trabalho já foi contratada

Enquanto isso, um outro edital Correios para área de segurança do trabalho já tem banca organizadora definida.

A empresa escolhida foi o IADES (Instituto Americano de Desenvolvimento). Cabe a ela agora organizar e realizar as etapas previstas no documento.

O IADES estará a frente do edital que selecionará profissionais da área de Segurança do Trabalho. As vagas estarão distribuídas entre os seguintes cargos:

  • Engenheiro de Segurança do Trabalho
  • Técnico de Segurança do trabalho Júnior
  • Médico do Trabalho Júnior
  • Enfermeiro do Trabalho Júnior

O extrato de contrato e a dispensa de licitação foram publicados no Diário Oficial da União. Com isso, a expectativa é que o edital seja lançado em breve.

Contudo, ainda não foi definido o quantitativo de vagas para cada cargo.

Os salários para os cargos irão variar entre R$ 3.543,67 a R$ 6.856,25.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.