Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Deputados pedem aumento do valor do Auxílio na prorrogação

Os Deputados Federais estão de olho nas notícias que chegam do Palácio do Planalto. E um ponto de muita atenção é em relação ao processo de prorrogação do Auxílio Emergencial. É que todos querem saber como o Governo vai conseguir fazer isso nos próximos dias.

No início desta semana, está crescendo dentro do Congresso um movimento para apoiar o aumento do Auxílio Emergencial nesta prorrogação. A ideia desses parlamentares é pressionar o Governo Federal para que o montante suba para o patamar dos R$ 600.

E se engana quem pensa que esse é um movimento só da esquerda ou dos partidos de oposição. Dentro da base do Governo, um grupo de Deputados está querendo pressionar o Presidente a aumentar esses valores, de olho nas eleições presidenciais de 2022.

Um desses Deputados, por exemplo, foi Eduardo da Fonte (PP-PE). Ele, que faz parte de um partido da base do Governo, deu uma entrevista nesta terça-feira (15) para um jornal do seu estado. Ele disse nessa conversa que quer que o Auxílio suba para os R$ 600 na prorrogação.

“Estamos ampliando a vacinação, o que vai nos permitir vencer essa pandemia, mas até a imunização de toda a população, nós precisamos garantir condições para que as famílias enfrentem essa crise sanitária e econômica com dignidade”, disse o Deputado na entrevista.

“O auxílio beneficia diretamente as famílias que mais precisam e provou ser uma medida positiva e que ajudou a colocar comida no prato dos brasileiros”, completou ele, sem necessariamente citar o Presidente Jair Bolsonaro em sua declaração para o Jornal do Commercio.

Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial deste ano está pagando valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. Os pagamentos, aliás, começaram ainda no início do último mês de abril. De lá para cá, eles realizaram dois repasses e o terceiro deve começar portanto nesta quinta-feira (17) para o público do Bolsa Família.

A crítica sobre esses valores não são novas. Desde o anúncio, membros da oposição estão fazendo pressão sobre o Governo. O PCdoB, por exemplo, chegou a entrar no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar derrubar o teto de gastos que a PEC Emergencial estabelece para esses repasses.

No entanto, nada deu muito certo para eles. Agora, pode ser que o cenário mude um pouco. Isso porque os próprios membros da base do Governo estão ensaiando uma pressão no Presidente Jair Bolsonaro. De acordo com analistas, no entanto, as chances de aumento do benefício seguem baixas.

Prorrogação

Na última semana, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Governo deve prorrogar o Auxílio por mais dois ou três meses. De acordo com ele, tudo vai depender do ritmo da vacinação contra a Covid-19 no país. O Presidente Jair Bolsonaro confirmou essa informação nesta quarta-feira (15).

De acordo com o chefe do executivo, os valores médios desses pagamentos será de R$ 250. Assim, dá para dizer que o patamar dos repasses não deve mudar nessa prorrogação. Bolsonaro também confirmou que é ele que vai tomar essa decisão junto com o Ministro da Cidadania, João Roma.

5 Comentários
  1. José Domingos da Silva Diz

    Para o governo federal, não só chegar e aumentar o auxílio emergencial, tem muita gente acomodada com o auxílio, tem fazer um pente fino, essa ajuda deve ser mais para as mulheres, que tem responsabilidade e precisa por ter filhos…cada caso é um caso, deve melhorar a aposentadoria de quem ganha um salário mínimo, e que contribuí com o INSS.

  2. Francisco afranio Gondim Diz

    Apelamos aos presidente e o Sr ministro da economia que volte o auxílio de 600 reais pois esse dinheiro volta para união partir do momento que se faz compras gera renda e os impostos que são recolhidos estabelece a economia é o famoso vai e vem isso é nítido,dinheiro na mão do povo dinheiro na mão do governo.

  3. Alexisandra Maria Lima Ferreira Diz

    Esse valor de 150, 250 e 375 ta sendo sim um ajuda mas o valor de 600 ajudarei muito mas esse e meu ponto de vista Eu so agradeço a Deus e abençoe nosso presidente sempre e os nossos governadores. por esses auxilicio,,, melhor seria o de 600

  4. Antônio Nascimento de Araújo Diz

    Eu trabalhei de 1997ate2011.

  5. Antônio Nascimento de Araújo Diz

    Eu trabalhei desde1997ate2011eu tenho direito o FGTS

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.