Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Consignado do Auxílio: usuários relatam assédio de estelionatários por telefone

Antes mesmo da regulamentação do consignado do Auxílio Brasil, cidadãos já recebem várias ligações de pessoas oferecendo o empréstimo

Se você é usuário do Auxílio Brasil, certamente recebeu ou ainda vai receber uma ligação de algum indivíduo oferecendo um empréstimo do programa social. De acordo com relatos de beneficiários do projeto, os contatos acontecem cada vez com mais frequência. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) alerta para as tentativas de golpes.

Conforme relatos de usuários, as ligações obedecem sempre a uma mesma lógica. O indivíduo liga para o beneficiário, diz que pode liberar um montante alto para o cidadão e afirma que ele poderá pagar a quantia na forma de descontos mensais nas parcelas do Auxílio Brasil. Na maioria dos casos, o abatimento seria de R$ 170.

Contudo, é importante lembrar de um detalhe importante nesta história: o Ministério da Cidadania ainda não regulamentou o consignado do Auxílio Brasil. Dessa forma, ninguém está autorizado a falar em números para a contratação do crédito. É preciso esperar até que a pasta forneça os detalhes. Até lá, a dica é não solicitar nada.

Caso o cidadão comece a receber uma série de ligações como esta, a orientação é marcar o número do contato como spam. Assim, o sistema do celular ou do aplicativo de mensagens poderá bloquear as ligações deste indivíduo. Também é importante lembrar de não fornecer nenhum dado pessoal e muito menos enviar qualquer quantia em dinheiro.

Há alguns relatos de usuários onde afirmam que as pessoas que estão ligando para oferecer o empréstimo fornecem uma série de dados pessoais do cidadão. Neste caso, é importante entrar em contato com o Ministério da Cidadania para que eles apurem o que está acontecendo. Em tese, a pasta não pode divulgar nenhum dado pessoal para terceiros.

Banco Pan

Nas últimas semanas, você certamente já se deparou com propagandas de alguma instituição financeira ligada ao Banco Pan. Eles já começaram a oferecer o consignado do Auxílio Brasil antes mesmo da regulamentação do Ministério da Cidadania.

Entretanto, ao menos em um primeiro momento, não há nada de ilegal com a prática. As financeiras apenas estão pegando os dados dos cidadãos para tentar acelerar o processo de entrada no consignado assim que ele estiver pronto.

De qualquer forma, mesmo para este pré-cadastro, a maioria dos especialistas afirmam que o melhor a se fazer é esperar até que o Ministério da Cidadania divulgue a regulamentação. É importante ter noção desses dados antes de tomar qualquer decisão.

O consignado do Auxílio Brasil

O Governo Federal anunciou o consignado do Auxílio Brasil ainda no último mês de março deste ano. A MP da liberação já foi assinada e o projeto já foi transformado em lei após votações na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Entretanto, nada está funcionando na prática ainda. Como dito, o Ministério da Cidadania ainda precisa regulamentar toda a documentação para poder começar a liberar o dinheiro do crédito para o cidadão. Ainda não há uma expectativa de data.

Nas últimas semanas, alguns usuários do Auxílio Brasil chegaram a usar as redes sociais para cobrar o Ministério da Cidadania por uma regulamentação mais rápida. A pasta se limitou a dizer que o consignado do programa está “em construção”.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.