Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Mês da Consciência Negra: Biografia e mitos que envolvem Chica da Silva

Chica da Silva é uma figura histórica brasileira que ficou muito conhecida durante o Brasil Colônia. Filha de um português branco e uma escrava, também tornou-se uma escrava. 

Conquistou sua alforria e manteve um relacionamento com um contratador de diamantes que possuía uma grande riqueza no período da mineração.

Por conta de seu relacionamento, Chica da Silva teve uma enorme ascensão social no período da escravidão. Tornando-se uma mulher de grande influência na época. 

Chica da Silva – Biografia resumida

O dia de nascimento de Chica da Silva é uma grande incógnita entre historiadores e pesquisadores, contudo, acreditam que ela tenha nascido entre 1731 e 1735, no interior de Minas Gerais. 

Chica não teve alforria concedida por seu pai, ela acabou sendo negociada com Manuel Pires Sardinha, médico em Arraial do Tijuco. 

Ela deu à luz seu primeiro filho, Simão Pires Sardinha, que não foi registrado pelo médico. Os abusos sexuais na sociedade escravista eram banais, entretanto,  Manuel colocou Simão em seu testamento. 

Em 1753, Chica da Silva acaba sendo comprada pelo contratador de diamantes, João Fernandes de Oliveira que concede alforria e mantém um relacionamento público, contudo, não oficial. A saber, Oliveira era um dos homens mais ricos do Brasil nesse período. O casal teve ao todo treze filhos juntos. 

Ela passou a possuir casas e escravos, além de inserir-se em grupos sociais, como em quatro irmandades religiosas. O relacionamento de Chica e João durou até meados de 1770, quando o pai de João morre em Portugal e ele viaja até lá, permanecendo até 1776 quando também vem a falecer. 

Chica da Silva, permaneceu na região de Diamantina onde pode viver bem e criar suas filhas, uma vez que os quatro meninos foram para Portugal com o pai. A saber, ela conseguiu dar a suas filhas uma boa educação e infraestrutura herdadas dos bens de João Fernandes.  

Mitos e sua morte

Infelizmente, muitas pessoas tentaram borrar e manchar a história de Chica da Silva através de relatos falsos e sem fontes. 

Por isso, muitos historiadores e pesquisadores que essas visões são oriundas de uma sociedade que era extremamente racista e buscava diminuir a mulher negra que conseguiu adentrar a sociedade, tornando-se uma das mais ricas da época. 

Ademais, a inserção social de Chica da Silva não foi fácil, e muitos acreditam que ela só foi aceita por conta da sua riqueza.

Para os estudiosos, foi uma mulher que dedicou sua vida a dar uma boa educação aos seus filhos. 

Chica da Silva, faleceu em 1796, até hoje não se sabe quais as causas da morte. Ela foi enterrada em uma tumba na Igreja de São Francisco de Assis, local reservado para o sepultamento de pessoas brancas e ricas.


E então, gostou de conhecer mais sobre a vida de Chica da Silva? Deixe um comentário abaixo!

Leia também – Mês da Consciência Negra: Conheça a trajetória de Barack Obama

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.