Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso Marinha Médicos 2019: Gabarito preliminar da prova objetiva é divulgado

A Marinha do Brasil divulgou o gabarito preliminar da prova objetiva do concurso público (Concurso Marinha 2019) para o preenchimento de 79 vagas em caráter efetivo. O certame foi publicado para o cargo de primeiro-tenente no corpo de Saúde, na função de Médico.

O Corpo de Saúde da Marinha (CSM), composto pelo Quadro de Médico, destina-se a suprir a Marinha com Oficiais para o exercício de funções e cargos técnicos relativos às atividades necessárias à manutenção, no mais alto grau, da higidez do pessoal militar da Marinha voltado para aplicação do Poder Naval e seu preparo, além das atividades inerentes à carreira militar, nos termos da Lei nº 9.519/1997.

Os candidatos do Quadro de Médicos aprovados para as vagas de âmbito Nacional e que não possuem Certificado de curso de Residência Médica ou Certificado de Título de Especialista terão que realizar o Curso de aperfeiçoamento (C-Ap), oferecido pelo Hospital Naval Marcílio Dias, ou outro autorizado pela Administração Naval, entre o segundo ano do posto de Primeiro-Tenente e o terceiro ano do posto de Capitão-Tenente. Serão dispensados de realizar o C-Ap, aqueles candidatos que comprovarem possuir Certificado de curso de Residência Médica ou Certificado de Título de Especialista, Certificados de cursos stricto sensu (Mestrado ou Doutorado) reconhecidos pelas Sociedades de Classe e Conselhos Federal ou Regional de Medicina, apresentados por ocasião da Prova de Títulos, e que foram considerados equivalentes ao C-Ap após analisados pelas Diretorias Especializadas.

Durante o período do curso, os aprovados receberão R$6.900, no posto de Guarda-Marinha. Após formação, vão ocupar o posto de 1° tenente e passarão a receber iniciais de R$11 mil, além de benefícios.

Vagas e Requisitos

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deverá ser brasileiro nato, médico, com graduação completa na área de interesse, e ter pelo menos de 36 anos até o dia 1° de janeiro de 2020. As vagas serão distribuídas a nível nacional e regional.

Para as vagas do Quadro de Médicos, de âmbito regional, será exigido o certificado de conclusão de Residência Médica, até a data do início do Curso de Formação de Oficiais (CFO), na especialidade escolhida. 

Para nível nacional são 54 vagas, distribuídas da seguinte maneira: Clínica Médica (22 vagas), Clínica Geral (12 vagas), Anestesiologia (01 vaga), Ginecologia e Obstetrícia (04 vagas), Pediatria (04 vagas), Psiquiatria (04 vagas), Radiologia (05 vagas), Ortopedia e Traumatologia (02 vagas).

Para âmbito regional são 25 vagas. Elas estão distribuídas entre o Comando do 2º Distrito Naval, com sede na cidade de Salvador/BA (03 vagas), Comando do 3º Distrito Naval, com sede na cidade de Natal/RN (09 vagas), Comando do 4º Distrito Naval, com sede na cidade de Belém/PA (05 vagas), Comando do 5º Distrito Naval, com sede na cidade de Rio Grande/RS (02 vagas), Comando do 6º Distrito Naval, com sede na cidade de Ladário/MS (02 vagas), Comando do 7º Distrito Naval, com sede na cidade de Brasília/DF (04 vagas).

Inscrições, Etapas e Provas

Os interessados em concorrer a uma das vagas puderam se inscrever até o dia 20 de maio, no site oficial de ingresso da Marinha do Brasil. A taxa de inscrição custou R$126, podendo ser paga até o dia 26 de maio.

O concurso será composto por Prova Escrita Objetiva de Conhecimentos Profissionais; Redação; Verificação de Dados Biográficos; Inspeção de Saúde; Teste de Aptidão Física; Avaliação Psicológica; Verificação de Documentos; Prova de Títulos; Procedimentos de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração; Período de Adaptação; e Curso de Formação.

A prova objetiva (exame de conhecimentos) e redação foram aplicadas em julho. A avaliação escrita objetiva terá 50 questões, enquanto a de Redação avaliará aspectos como estrutura e conteúdo; coesão e coerência; título e assunto; e expressão. Para ser aprovado nesta fase, é preciso ter uma nota igual ou superior a 50 pontos, em uma escala de zero a 100.

Sobre o curso

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial realizará o CFO, no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), no Rio de Janeiro. O Curso tem por finalidade o preparo do candidato para o exercício de cargos e funções em Organizações Militares da Marinha, situadas em qualquer Unidade da Federação, de acordo com as suas qualificações e atendendo à conveniência do serviço, por meio da necessária instrução militarnaval.

O Curso é constituído por um Período de Adaptação de, aproximadamente, 3 (três) semanas e uma etapa básica, compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. Durante esse curso, o Guarda-Marinha perceberá remuneração atinente à sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Durante o CFO, o candidato fará um Estágio de Aplicação (EA), com duração de até 17 (dezessete) semanas, que tem por finalidade a adaptação às características do serviço naval inerentes à profissão, à complementação de sua formação militar-naval e a avaliação complementar para o desempenho de funções técnicas e administrativas. Será realizado em Organizações Militares (OM) especialmente designadas para tal, sob a supervisão do CIAW.

O CFO terá a duração de, aproximadamente, 31 (trinta e uma) semanas. Durante o CFO e o EA, o candidato estará sujeito ao Regulamento e ao Regimento Interno do CIAW e à Legislação vigente aplicada a todos militares da ativa das Forças Armadas.

O ingresso no Corpo de Saúde da Marinha (CSM) ocorrerá no posto de Primeiro-Tenente, após o candidato obter a aprovação em todas as fases da Seleção Inicial e ter sido aprovado em todas as fases do CFO. Antes de completados 5 (cinco) anos de nomeação ao Oficialato, os Oficiais serão avaliados pela Comissão de Promoções de Oficiais, visando a sua permanência em caráter definitivo na Marinha. Os que não obtiverem avaliação favorável serão licenciados ex offício do Serviço Ativo da Marinha.

Informações do concurso
  • Concurso: Marinha do Brasil
  • Banca organizadora: Marinha
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 79
  • Remuneração: até R$11 mil
  • Inscrições: até o dia 20 de maio
  • Taxa de Inscrição: R$126
  • Provas: segunda quinzena de julho
  • Situação: PUBLICADO

Edital Marinha do Brasil – Corpo de Saúde

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.