Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como ter um “dinheirinho” a mais no final do mês

O que não falta é pessoas dizendo que o salário acaba assim que cai na conta e que gostaria de mudar essa situação. Como ter um “dinheirinho” a mais no final do mês? Saiba que é mais simples do que parece. Com força de vontade e planejamento é possível.

Mudar da noite para o dia é difícil, por isso é importante se focar em pequenos hábitos e ir expandido a sua atuação. Ter uma vida financeira saudável pode até ser difícil, mas não é impossível.

A sua vida financeira depende também do seu estilo de vida. Como já diria pensadores, “insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Então, fique atento as dicas e tenha sempre um “dinheirinho” a mais no final do mês. Seja para uma reserva de emergência ou para investir.

1) Pague as suas dívidas

Sim, a primeira forma de ter um dinheirinho a mais no final do mês é se livras das suas dívidas. Para isso, evite gastos supérfluos ao máximo e pague o máximo que puder da sua dívida por mês.

Lembre-se, que os juros são inimigos de uma vida financeira saudável. Por isso, se tiver devendo a muito tempo no limite da conta, por exemplo, Você pode buscar quitar a conta com um empréstimo a juros menores.

Os juros mais altos do mercado são o rotativo do cartão de crédito ( quando você decide parcelar a fatura ou paga o mínimo) ou então o limite da sua conta – o temido cheque especial. Por isso, fuja deles. E, se achar necessário, busque um empréstimo com juros menores.

Para conseguir opções de crédito, o score é sempre um importante aliado.

 

2) Faça uma planilha com todos os seus gastos

Para ter um dinheirinho a mais no final do mês e economizar, a planilha é sempre aliada. Há modelos de planilha de controle mensal de gasto gratuitas na internet, outra opção é utilizar aplicativos.

Muitas são as opções na internet. Pesquise e encontre uma com seu jeito de organização e que você se sinta mais a vontade. O importante é começar.

 

3) Tenha renda extra

A renda extra pode ser uma boa opção para quem percebe que seu salário é insuficiente para lidar com suas dívidas e custos de vida.

A renda extra deve servir principalmente para te auxiliar no pagamento de dívidas e a guardar dinheiro.

É possível até ganhar dinheiro pela internet. 

4) Não justifique seus gastos exagerados

No mundo do consumismo, gastar é sempre incentivado por propagandas e publicidades. Somos bombardeados com informações que precisamos comprar. Isso pode ser o vilão de conseguirmos manter um dinheirinho a mais no final do mês.

Por isso, fuja de armadilhas e da velha desculpa “eu trabalha tanto e por isso mereço”. Claro que você merece, mas precisa comprar com sabedoria. Você merece comprar mais um item que não precisa ou, ao longo prazo, conquistas uma viagem dos sonhos?

5) Trace metas

Traçar metas é uma boa maneira de economizar. Diante do que você ganha por mês e as contas que já possui, calcule o quanto pode gastar e quando pode guardar.

Pense também na possibilidade de investir e ver o seu dinheiro render. 

 

 

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.