Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (4 votes)

Como solicitar o reembolso de um Pix? Entenda se é possível!

Em novembro de 2020 foi lançado o PIX no Brasil, e seu sucesso foi bastante rápido. A sua simplicidade, rapidez e gratuidade fizeram com que o PIX se tornasse um dos principais métodos de pagamento no país, transformando a forma com que as pessoas administram o dinheiro.

O sucesso do PIX é inquestionável, e proporcionou um tremendo impacto na vida financeira das pessoas. Isso devido a sua combinação de eficiência, tecnologia e ótima experiência para o usuário.

Um dos principais aspectos em que ele se destaca é a sua eficiência e velocidade. Segundo o Banco Central, idealizador e detentor do sistema, a operação de transferência de dinheiro através do PIX ocorre em até no máximo 10 segundos.

No entanto, o PIX também gera muitas dúvidas com relação a seu funcionamento. Além disso, a facilidade e rapidez do processo podem gerar erros, afinal, são pessoas que estão utilizando. Nesse sentido, um dos erros mais comuns e recorrentes são transferências feitas para destinatários incorretos. Dessa forma, confira a seguir como cancelar um PIX e solicitar reembolso, caso o usuário tenha enviado dinheiro para a pessoa errada.

Como cancelar um PIX e solicitar seu reembolso?

A primeira questão a ser tratada é se realmente é possível cancelar um PIX realizado incorretamente, e a resposta é relativa. Como já dito, segundo o BC, a transação ocorre em menos de 10 segundos, com o valor já sendo depositado na conta de quem está recebendo.

Desse modo, a operação não pode ser cancelada após ser confirmada pelo pagador. Além disso, ainda segundo o BC, a única maneira de cancelar o PIX é antes do dinheiro ser enviado.

Sendo assim, é importante conferir todas as informações com cuidado antes de finalizar a transação, como número da agência, número da chave PIX, conta-corrente e nome de quem irá receber.

Entretanto, existem alguns procedimentos que o usuário pode realizar em caso de erro no PIX. A primeira coisa a ser feita é entrar em contato com a pessoa que recebeu o dinheiro, e solicitar que ela devolva a quantia enviada incorretamente.

Além disso, todos os bancos que oferecem o serviço PIX possuem um botão de reembolso para solicitar a devolução do dinheiro.

Resumidamente, o problema nesse caso é que a devolução do PIX depende de quem recebeu a quantia incorretamente. Se a pessoa se recusar a devolver a quantia não existe outra coisa a se fazer, pois o Banco Central entende que o pagamento não foi ilegal.

Uma outra alternativa é entrar em contato com o banco e ver se há medidas cabíveis que podem ser tomadas caso a caso. Isso também não garante que vai haver uma resolução e a devolução do dinheiro.

Saiba mais sobre o sistema de pagamentos instantâneos

Segundo o Banco Central, hoje, pouco mais de um ano após o lançamento do PIX, o sistema tem cadastro de mais de 400 milhões de chaves no Brasil. Inclusive, no início de março de 2021, o PIX bateu um novo recorde diário de operações, quando alcançou a marca de 58,5 milhões de transferências.

Além disso, também houve recentemente o lançamento do PIX Saque e PIX Troco. O primeiro permite que as pessoas saquem dinheiro em estabelecimentos comerciais que estão autorizados a utilizar o serviço. O segundo possibilita que estabelecimentos utilizem o sistema PIX para dar troco aos seus clientes.

5/5 - (4 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Ricardo Nunes Diz

    Boa tarde João.
    Muitas pessoas estão desesperadas pq fizeram um investimento em uma empresa de mineração de criptomoedas e a empresa fechou.
    Elas fizeram transferencia via PIX, inclusive eu, mas a empresa nao devolve e nem da retorno.
    O que poderiamos fazer nesse caso ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.