Como ser mais produtivo no trabalho em 5 passos?

Saiba como manter a motivação em alta.

O início de um novo ano traz consigo a necessidade de organizar os próximos 365 dias. A dificuldade é que o tempo após as férias é próprio para procrastinar. Por isso que hoje, nós vamos indicar como ser mais produtivo no trabalho em 5 passos.

Muitas pessoas acabam com tarefas atrasadas e uma agenda desorganizada, seja pela agitação do Natal e da véspera de Ano Novo. Até mesmo, pelo ritmo de vida mais lento que parece ter afundado em todo o mundo.

Fazer planos grandiosos ou promessas impossíveis não é suficiente por si só. Aliás, ter muita autodisciplina é essencial se você quer entrar no ano novo com produtividade e cumprir todas as suas obrigações, sejam elas profissionais ou pessoais.

Como ser mais produtivo no trabalho em 5 passos

Apresentamos na sequência 5 passos para ser mais produtivo no trabalho, e assim, fugir da procrastinação.

1º Passo: Identifique suas responsabilidades diárias

Você já parou para fazer uma lista de tudo o que precisa realizar em um dia, uma semana ou um mês?

Honestamente, se você deseja aumentar sua produtividade, esta é uma das melhores coisas que você pode fazer. Aliás, isso ajudará você a se lembrar de tudo o que precisa ser feito.

No entanto, isso não é tudo. Ao fazer uma lista de tudo o que você faz, você pode ter uma noção melhor de quanto trabalho você realmente tem. A título de ilustração, as tarefas diárias típicas de um negócio online, como uma operação de comércio eletrônico, podem incluir:

  • Projetar e organizar o site da marca;
  • Escrever conteúdo que atraia o público-alvo;
  • Compartilhar atualizações nas mídias sociais;
  • Acompanhar os níveis de estoque da sua loja virtual; e,
  • Tirar dúvidas e reclamações dos clientes.

Dessa forma, você pode fazer essa lista como quiser, seja em papel, documento de texto ou planilha digital.

2º Passo: Liste as tarefas mais urgentes primeiro para ser mais produtivo no trabalho

Agora que você tem sua lista de tarefas em mãos, é hora de priorizar suas tarefas e decidir quais você pode deixar para mais tarde. Isso exige foco em atividades com curto tempo de execução ou alto impacto no produto final. Assim, estas são as coisas que devem ser feitas antes que qualquer outra coisa possa avançar.

Apenas, cuide para não ficar adiando de forma seguida as atividades que são classificadas como menos urgentes. Se você fizer isso, o trabalho se acumulará e os prazos serão perdidos. Então, crie um cronograma, observando os horários de início e término de cada tarefa.

3º Passo: Não seja multitarefa

A tentação de realizar várias tarefas ao mesmo tempo, e se tornar mais eficiente aumenta à medida que nossas agendas diárias se tornam mais agitadas e exigentes. A multitarefa, ou malabarismo com várias tarefas ao mesmo tempo, é uma prática popular hoje em dia.

Embora alguns indivíduos e empresas atribuam um alto valor a essas características e possam até incentivá-las, elas podem ser bastante prejudiciais.

Assim, isso ocorre porque o cérebro humano não foi projetado para se concentrar em várias tarefas simultaneamente. Portanto, fazer isso pode levar a uma série de problemas, como, por exemplo:

  • Perda de concentração, levando a menos produção;
  • Dificuldade em filtrar informações;
  • Aumento das taxas de erro;
  • Nervosismo aumentado e autoestima diminuída.

4º Passo: Organize uma rotina

Crie uma rotina a seguir todos os dias em seu trabalho e que seja adequada ao seu ritmo, é um dos resultados mais imediatos de fazer uma lista de suas atividades cotidianas e classificá-las por ordem de urgência.

Você deve fazer o que for preciso, inclusive recorrer à tecnologia, para melhorar o gerenciamento do tempo e a organização do cronograma. Exemplificando, existem numerosos recursos online podem ajudá-lo a maximizar sua produtividade e aprimorar suas operações diárias.

5º Passo: Estabeleça metas claras

É preciso definir uma meta para si mesmo. Por fim, se você não sabe o caminho a seguir, é praticamente impraticável ter o conhecimento do que é necessário ser feito e o que é ou não prioritário.

Mas, não basta possuir um objetivo em mente, pois, não é satisfatório para garantir o sucesso, é claro. Todavia, permite que você mapeie todas as etapas necessárias para que isso aconteça. E lhe dá aquele impulso extra de motivação que você precisa para se manter no caminho certo quando as coisas ficam difíceis.

Para isso, é importante visualizar o resultado final ao traçar uma meta, seja ela profissional ou pessoal. Dessa forma, você traçará com mais facilidade os passos necessários para chegar lá.

Ou seja, defina marcos ao longo do caminho que, quando alcançados, o ajudarão a atingir seu objetivo final.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.