Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como reagir a uma demissão?

Se acontecesse com você, como você iria reagir a uma demissão? Como iria lidar com esse tipo de situação?

Você é daquelas pessoas mais emocionais e que se sente “desesperada”? Ou consegue controlar melhor as suas reações?

Refletir sobre esse assunto é fundamental para garantir uma reação mais equilibrada caso isso venha a acontecer. Afinal, ninguém é imune a uma demissão, concorda?

Por isso, veja algumas dicas ao longo desse conteúdo e explore a sua inteligência emocional. Vamos lá!

Como reagir a uma demissão?

Não pense que existe a fórmula perfeita de como reagir a uma demissão. Cada caso, ainda, será um caso distinto.

As dicas que aqui elencamos são gerais, para que você tenha um ponto de partida nesse tipo de situação.

Portanto, considere as nossas reflexões como um estopim para a sua autoanálise e a nova fase da sua vida. Veja:

1- Respire fundo e tente manter a calma

O momento em que a notícia chega a nossa mente é difícil. Sentimos um vazio e as incertezas podem aparecer.

Porém, é fundamental respirar fundo e tentar manter a calma. Quando perceber que as emoções estão tentando comandar as suas palavras e ações, busque restabelecer o equilíbrio, ao menos o mínimo que for possível.

Nem que para isso você deva pedir licença alguns minutinhos, para ir ao banheiro, lavar o rosto, se olhar no espelho e se reequilibrar.

2- Ouça ativamente o que o gestor tem a dizer

Ouça ativamente o que o seu gestor está falando. Ele terá feedbacks valiosos para você, neste momento. Portanto, aproveite o instante para tirar as suas dúvidas e saber mais sobre o seu desempenho, sem criar pré-julgamentos.

3- Faça uma autoavaliação e reconheça seus pontos fracos

Por meio do que foi escutado durante a conversa de demissão, avalie os seus pontos fracos e o que deve ser melhorado. Essa autoavaliação será um bom início para a sua nova trajetória profissional.

4- Dê um tempo para viver o seu luto – tudo bem ficar triste e frustrado

Vale ressaltar que você não precisa se sentir a pessoa mais motivada do mundo na hora de reagir a uma demissão. Afinal, é uma perda, e toda perda tende a causar dor e desconforto em nós.

Por isso, pense em tirar um tempinho para refletir sozinho, vivendo o seu luto. Tudo bem você chorar, se sentir triste ou frustrado. Apenas lembre-se de se permitir! Ou seja, sinta as suas emoções, escute-as e coloque-as para fora, em casa. Assim você gasta as suas dores e começa a restabelecer o equilíbrio para seguir adiante.

5- Seja sincero com a sua família

Nada de ficar mentindo e escondendo a verdade da sua família, hein? Pois isso aumentará a sua dor e a sua angústia. Ser sincero é fundamental para evitar uma sobrecarga emocional que piore a sua sensação diante da demissão.

6- Comece a pensar no seu futuro

Depois de viver o seu luto, é hora de reagir a uma demissão pensando no seu futuro. Veja o que você pode aprimorar, atualize o seu currículo e saia em busca de novas oportunidades.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.