Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como identificar um ambiente tóxico?

Identificar um ambiente tóxico é o primeiro passo para melhorar a atmosfera no trabalho, ou então, abrir mão do local para buscar oportunidades mais saudáveis.

Embora pareça difícil fazer essa análise, alguns sinais específicos podem nos dar pistas de que algo não está indo bem. E neste conteúdo nós apresentamos alguns desses sinais, com o intuito de lhe ajudar nessa empreitada.

Acompanhe e veja alguns fatores que podem ser levados em conta na hora de identificar um ambiente tóxico no trabalho.

Como identificar um ambiente tóxico?

Muitas pessoas podem acreditar que para identificar um ambiente tóxico é necessário observar apenas os relacionamentos dentro da corporação. Embora essa atitude seja realmente importante, não são apenas as relações que classificam um ambiente como tóxico ou não.

Por isso, nossas dicas abaixo abrangem outros apontamentos igualmente importantes. Veja cada um deles e use-os ao seu favor na análise do seu ambiente de trabalho:

1- Observe a presença de conflitos interpessoais

Como dito acima, as relações interpessoais são um excelente termômetro para identificar um ambiente tóxico. Observe se há muitos conflitos, cotidianamente, e quais são os motivos por trás deles.

É falta de acordo entre ideias? É preconceito? É ego, no qual cada pessoa quer ser “dona da verdade”? É frequente? É pontual? Considere esses questionamentos.

2- Analise a competitividade

Como funciona o esquema de competitividade na sua empresa, você conseguiria descrever? É algo natural, onde cada pessoa se esforça sem se esgotar, ou é algo meio que “corrida contra o tempo”?

Há quem se sacrifique, trabalhando muito a mais apenas para tentar atingir um novo patamar? Inclusive, você tem se sentido sobrecarregado nesse sentido? Reflita.

3- Avalie a quantidade de trabalho: há sobrecarga?

Um trabalho que oferece uma sobrecarga de tarefas também pode ser considerado como um ambiente tóxico. Os líderes, pouco preparados, passam grandes quantidades de trabalho e prazos nada hábeis? Ou você sente que o serviço é adequado ao seu desenvolvimento diário?

Reflita sobre isso e analise a presença de sobrecarga. E se ela aparecer, observe com que frequência isso ocorre.

4- Observe os comportamentos do chefe/líder

Os comportamentos do líder também devem ser observados. Seu chefe tem sido muito ríspido, grosseiro ou até mesmo autoritário? Avalie essa situação. Se assim for, certamente esse é um dos mais fortes sinais para se identificar um ambiente tóxico.

5- Analise a presença de uma alta rotatividade na empresa

Uma empresa que apresenta grande rotatividade também pode ser vista como um ambiente tóxico. Muitas vezes, a rotatividade pode estar atrelada a:

  • Falta de reconhecimento.
  • Falta de benefícios.
  • Salário incompatível.
  • Exploração, com altas cargas de trabalho.
  • Relacionamentos ruins dentro da empresa.
  • Autoritarismo do chefe.
  • Qualidade de vida baixa, com um ambiente pouco organizado e nada preparado para o trabalho.
  • Entre outras variáveis.

Avalie todas essa situações e, ao identificar um ambiente tóxico, busque auxílio no RH da empresa. Relate o que está acontecendo e, se possível, leve outras pessoas com você. Se nada resolver, talvez seja o momento de buscar novas oportunidades. Boa sorte!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.