Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como fazer um financiamento: confira nossas dicas

Obtenha facilidades para adquirir o patrimônio de seus sonhos

Fazer um financiamento no banco pode ser uma ótima pedida para quem deseja comprar um imóvel, um carro, ou até mesmo para obter recursos para a sua empresa. No entanto, é preciso tomar certos cuidados e realizar uma avaliação de seu caso.

O financiamento é um processo onde se utiliza o crédito para compras a longo prazo. É um modo de empréstimo onde o banco optado pelo financiamento, paga à empresa vendedora o valor à vista, que é recebido de volta em prestações a determinados juros.

Dessa maneira, o banco contrai a sua dívida e cobra por isso em prestações mensais, com os juros falados anteriormente. É uma grande facilidade, visto que você pode usufruir do bem tão logo comece a pagar as suas prestações.Vale ressaltar que neste momento, o patrimônio ainda não é completamente seu.

Crédito Caixa Tem: O que acontece se as parcelas não forem pagas?

Regras para o financiamento 

Existem algumas regras indicadas para realizar um financiamento. Podemos citar, por exemplo, o fato de que para vender o patrimônio, você deve pedir autorização ao banco que realizou o empréstimo. Dessa maneira, a instituição financeira, irá passar a dívida para o novo comprador.

O novo dono do patrimônio deverá então pagar as parcelas ao banco ou mesmo a dívida à vista. Sobre o não pagamento das parcelas, o banco pode tomar seu patrimônio. No momento em que o bem é pago totalmente, ele passa a pertencer a você, por meio de um documento de posse.

Auxílio-taxista: prefeituras têm 5 dias para enviar informações

Como funciona

As regras do financiamento podem mudar de acordo com o tipo de patrimônio. Antes de ir ao banco, deve-se escolher primeiramente o tipo de bem que deseja comprar, suas características e valor.

É importante observar que vale a pena ter um bom dinheiro para dar entrada, diminuindo o valor do financiamento, e facilitando seu pagamento. Em seguida, é preciso apresentar os documentos necessários para fazer o financiamento. Normalmente o banco é o responsável por pedir os dados e informações.

A instituição financeira fará uma análise relacionada ao seu perfil. Desse modo, ela poderá ou não aprovar o financiamento. A maioria dos bancos exigem uma documentação como o número do RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de renda de três meses a um ano, certidão de nascimento e a declaração do imposto de renda.

No caso de o financiamento for feito com mais de um comprador, os documentos de todos os envolvidos devem ser enviados ao banco para serem então analisados. Além disso, é preciso preencher um formulário que será enviado ao banco. Este, irá responder em alguns dias.

Currículo: elabore o seu documento profissional de forma objetiva e sucinta

Crédito aprovado

Após a aprovação de crédito, a instituição financeira irá lhe apresentar a forma de pagamento. Será disposta o valor e o número das parcelas, o prazo de financiamento, e se haverá alguma alteração dos valores ao longo do tempo.

Caso haja um acordo entre as partes, firma-se um contrato. Você poderá iniciar de imediato o pagamento das parcelas, ou especificar um período para isto. Deve-se ter em mente que há diferentes tipos de financiamento, com algumas regras distintas.

Financiamento de imóvel

Para financiar um imóvel, deve-se conhecer um pouco do mercado imobiliário. São várias as opções, portanto, busque o financiamento adequado para o seu perfil. O empréstimo é uma linha de crédito que pode ser paga em um longo período.

Ao aprovar o crédito, o banco pode repassar o valor total ou parte dele à imobiliária. O cliente então, paga as parcelas por até no máximo 35 anos. Para conseguir o financiamento é preciso que você seja maior de idade,além de comprovar renda suficiente para o pagamento.

Além disso, as parcelas não podem ultrapassar o valor de 30% da renda familiar e o comprador também não deve ter o nome incluído em órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, SPC, entre outros. Pode-se fazer uma simulação do financiamento e obter dados sobre o mesmo de forma a proteger seu investimento.

Deve-se ir a uma agência bancária para buscar a concessão da linha de crédito. Em seguida é preciso apresentar os documentos necessários, RG, comprovante do estado civil e de renda, além da documentação do cônjuge, se tiver.

O banco irá analisar o crédito e o comprador deverá indicar qual o imóvel financiado. A instituição financeira fará uma análise do pedido em até 15 dias. Em caso de aprovação, é preciso assinar um contrato. Normalmente os tipos de financiamento de imóveis recaem sobre imóveis novos, usados, terrenos, entre outros.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.