Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Cartão de crédito Nubank PJ: Saiba mais sobre as vantagens

O Nubank anunciou uma nova ferramenta para auxiliar e facilitar a vida dos empreendedores que possuem uma conta PJ (Pessoa Jurídica) aberta com o banco. Trata-se do novo cartão de crédito Nubank PJ.

Essa nova funcionalidade permite que os clientes da fintech possam realizar compras com a conta empresarial, ajudando na organização das finanças, separando o dinheiro PF e PJ e minimizando o impacto no orçamento da empresa no momento das compras. A partir do dia 15 de setembro, essa novidade vai ser liberada aos poucos para os clientes jurídicos do Nubank.

Os correntistas que receberem o cartão de crédito Nubank PJ terão acesso a todos os benefícios que o “roxinho” comum oferece, tais como fazer compras em lojas físicas, online, usar aplicativos de transporte, comprar em marketplaces, em lojas de atacado. Tudo isso de um jeito mais prático e vinculado diretamente à conta PJ.

Além das semelhanças apresentadas, o cartão PJ também oferece vantagens como a isenção de anuidade, sem tarifas escondidas e totalmente controlado pelo app do Nubank, assim como o cartão pessoa física.

A função crédito também pode ser usada em compras online e inclusive existem lojas online que só realizam vendas a partir dessa função. Dessa maneira, se torna possível assinar algum tipo de serviço para a sua empresa, contratar plataformas de cursos, comprar em marketplaces ou até em grandes redes que vendem no atacado.

Outras novidades para correntistas PJ do Nubank

Além do cartão de crédito PJ Nubank, a fintech anunciou em julho, outra função que já está auxiliando e facilitando a vida dos empreendedores que possuem uma conta de Pessoa Jurídica aberta com eles. Trata-se de uma nova área de cobranças e também da possibilidade de receber vendas via cartão de crédito.

Com esse mecanismo, todas as contas PJ do Nubank serão capazes de receber os faturamentos através da função PIX ou boleto bancário, além de realizar a cobrança aos clientes por meio de mensagens personalizadas e acompanhar os status de cada venda efetuada.

Com o ingresso no chamado sistema SLC, o Nubank adquiriu o benefício aos seus clientes de realizar o cadastro tanto de contas PJ como de PF (Pessoa Física) como contas domiciliárias de recebimentos por cartão de débito e crédito, além dos vales refeição e alimentação.

Ambas funcionalidades estarão disponíveis no próprio aplicativo do banco, onde a área de cobrança fornecerá aos usuários um controle total sobre os pagamentos, com informações claras sobre o status das cobranças, período e dados dos pagadores. Ao gerar uma nova cobrança, poderá ser encaminhada aos clientes por redes sociais, e-mail ou outras mídias.

Saiba mais sobre as vantagens da conta PJ

Em 2021 a abertura de contas para pessoas jurídicas no Nubank completa dois anos de existência. São contas isentas de taxas de manutenção, com transferências gratuitas sendo por PIX, TEDs ou DOCs, além de ser 100% digital. Agora com uma nova área de cobranças e recebimentos via cartão de débito e crédito.

Esta última função se tornou possível devido à entrada do Nubank no Sistema de Liquidação de Crédito (SLC), que administra as vendas por cartão de crédito no território brasileiro. Ao cadastrar a conta PJ do Nubank, é possível receber os faturamentos de vendas diretamente nela, desde que todas as cobranças sejam geradas por lá.

Explicando melhor, no momento em que é realizado o registro para começar a realizar vendas como em deliverys, por exemplo, é necessário escolher um banco para cadastrar uma conta de domicílio, e com a novidade, o Nubank passou a fazer parte da lista de bancos disponíveis.

Além disso, a função de cartão de crédito PJ Nubank também vai facilitar a vida dos correntistas jurídicos do banco. Afinal, essa ferramenta auxilia na realização das compras sem comprometer o caixa da empresa e ainda ter mais controle sobre as saídas, além de ajudar a separar o dinheiro da empresa e da pessoa física sem a necessidade de abrir duas contas diferentes para cada caso.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.